Inflação

A inflação é um conceito que descreve a situação em que os preços dos bens e serviços de uma economia mantêm tendência de crescimento, medida em porcentagem.

O cálculo é feito a partir da comparação dos preços atuais com o de um período anterior para uma quantidade fixa. Quando é calculada por períodos mensais, pode ser somada e se obter a chamada inflação acumulada para o ano.

A expansão dos preços pode levar a redução do poder de compra dos consumidores. Esse processo é conhecido pela diminuição do valor da moeda e considerada para o cálculo de juro real, por exemplo.

O processo inverso, ou seja, a diminuição dos preços, é conhecida como deflação.

Inflação no Brasil

A inflação no Brasil é calculada através de índices, sendo um dos o principais o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), com base no consumo de famílias com rendimentos que variam de 1 a 40 salários mínimos.

O histórico do país contava com um elevado e incontrolado aumento de preços, conhecida como hiperinflação, entre as décadas de 1980 e 1990, que chegaram a atingir 80% ao mês.

A partir do Plano Real, lançada no início de 1994, a inflação do Brasil passou a ser controlada com a troca para a nova moeda e, em 1999, passou a ter uma meta fixada e que deve ser seguida pelo Banco Central. Em 2017 a inflação ficou abaixo do piso da meta, atingindo 2,95% no ano.

Você pode saber mais sobre o que é IPCA.

Causas da inflação

O aumento de preços de uma economia pode ter variadas causas. Entre as principais é possível citar:

Gastos públicos

Em relação ao governo, os preços podem aumentar tanto pela aplicação de impostos que se repassam aos consumidores, quanto por questões monetárias, a impressão de dinheiro para o pagamentos dos gastos.

Cartéis ou monopólios

O número reduzido de empresas ofertando produtos ou serviços em uma economia faz com que estes determinem os preços pela falta de concorrência, e a tendência é o aumento dos valores cobrados.

Custos de produção

Do mesmo jeito que os impostos, os custos de produzir, ou mesmo vender, são repassados aos consumidores, visto que nenhuma empresa oferta abaixo de seus custos. 

Produção baixa

A produção abaixo da demanda, em um mercado, faz com que os preços subam considerando que há consumidores que se dispõem a pagar mais.

Indexação da inflação

Em economia, a indexação é conhecida pelos ajustes de preços, principalmente em contratos e salários, considerando a inflação calculada anteriormente.

Inflação inercial

Esta é conhecida pelo aumento natural dos preços. As empresas e os trabalhadores sabem que haverá inflação no ano e aumentam a valores cobrados equivalente ao poder de compra.

Em todos os casos, a inflação muito elevada cria um clima desfavorável na economia.