IPCA

O Índice Nacional Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) é responsável por medir a variação dos preços de produtos e serviços para o consumidor final, e principal indicador para a taxa de inflação do período.

Este índice é produzido pelo Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor (SNIPC), com base em estabelecimentos comerciais e de prestações de serviços, em diferentes regiões metropolitanas do Brasil.

O objetivo do IBGE, instituto que colhe os dados para análise, são os consumidores e suas famílias, com rendas entre 1 e 40 salários mínimos e suas despesas.

As despesas consideradas são divididas em grupos que fazem parte do orçamento familiar:

  • Alimentação e bebidas;
  • Transportes;
  • Habitação;
  • Saúde e cuidados pessoais;
  • Despesas pessoais;
  • Vestuário;
  • Comunicação;
  • Artigos de residência;
  • Educação.

Além da variação dos preços, também são considerados os pesos que cada uma dessas despesas possuem dentro do orçamento familiar.

IPCA Acumulado

O IPCA é calculado a partir dos dados obtidos ao longo de 30 dias. Essa variação dos preços é comparada com um período base anterior com os valores que se podia comprar uma certa quantidade de cada bem ou serviço. 

As taxas mensais do índice podem ser somadas, e assim, se obtém a taxa de aumento dos preços para o ano, ou seja, a inflação acumulada para o período anual.

No Brasil o índice IPCA é o valor determinado pelo governo como a taxa de inflação para o país e, também, como meta a ser seguida pelo Banco Central.

Esta meta é de 4,5% ao ano e margem de 1.5 percentuais, ou seja, um mínimo de 3%. No ano 2017 o valor do índice ficou abaixo dessa meta pela primeira vez, com uma variação de 2,95%.

Índice Nacional de Preços ao Consumidor - INPC

O sistema de coleta do IBGE também realiza nos estabelecimentos o levantamento dos preços para o INPC, com a diferença de que a população pesquisada tem somente entre 1 e 5 salários mínimos.

A faixa salarial é menor comparada ao IPCA, por isso, reflete com mais intensidade a variação dos preços às famílias de rendas baixas, com um peso maior para itens mais básicos, como alimentação.

Você pode saber mais sobre o que é a Inflação.

Saiba também sobre Microeconomia e Macroeconomia.