O que é consultoria financeira?

Elisângela Dias
Elisângela Dias

A consultoria financeira (financial advisory, em inglês) é o serviço prestado por um profissional que ajuda seu cliente a lidar com suas finanças e o aconselha em seus investimentos. Também faz parte desse serviço informar sobre as tendências econômicas, as mudanças na legislação e os riscos associados.

Cabe ao consultor financeiro (chamado de financial advisor ou financial adviser, em inglês) apresentar todas as informações com segurança para o cliente. Além disso ele deve tirar todas as dúvidas para que ele tome suas decisões de forma consciente.

Como funciona o trabalho de um consultor financeiro pessoal?

A consultoria financeira começa com uma reunião entre consultor e cliente. Nela, o primeiro passo do consultor financeiro é avaliar as necessidades do cliente e ajudá-lo a planejar suas metas de curto, médio e longo prazo.

No curto prazo, um consultor financeiro pessoal pode avaliar as contas de seu cliente para identificar onde são necessárias alterações para acomodar uma mudança de vida, como no caso do nascimento de um filho.

Já traçar uma estratégia para ter uma aposentadoria tranquila é o tipo de ajuda que o consultor pode dar pensando no longo prazo.

Após identificar os objetivos e as necessidades de seu cliente, o consultor financeiro poderá recomendar a combinação mais adequada de investimentos para ele.

É nessa etapa que é importante o papel de educador do consultor. Ele deverá passar o máximo de informações possíveis sobre as opções de investimento, suas vantagens e riscos, e a conjuntura econômica do momento.

Além de lidar com recomendações de investimentos, os consultores financeiros também podem orientar sobre impostos, seguros e controle de finanças pessoais. Desta forma, é possível que seus clientes consigam separar uma parcela de seus orçamentos para investir.

O trabalho de um consultor não termina ao montar o plano financeiro. O ideal é que novas reuniões ocorram para monitorar os resultados dos investimentos do cliente, a situação de suas contas e  sugerir alterações, caso necessário.

Os ajustes são essenciais porque tanto as circunstâncias da economia como as próprias metas do cliente podem sofrer alterações. Por isso é importante que cliente e consultor se reúnam pelo menos uma vez por ano para reavaliar o planejamento feito.

A consultoria financeira empresarial

Algumas consultorias financeiras são especializadas no trabalho com empresas. Normalmente, uma empresa contrata um consultor financeiro externo quando necessita  resolver um problema específico.

Esse consultor que fará o diagnóstico da situação, avalia as possíveis soluções para o problema e ajuda na sua implementação. Ou seja, assim como ocorre no aconselhamento pessoal, nas empresas, a consultoria financeira também costuma se desenvolver em três etapas: diagnóstico e planejamento, execução e acompanhamento.

No caso das micro e pequenas empresas, a consultoria financeira pode ser bastante útil para esclarecer as dúvidas do administrador do negócio, que muitas vezes não é um gestor financeiro profissional. O consultor poderá ajudar a melhorar a estrutura de gestão, criando mecanismos para que todas as transações sejam corretamente contabilizadas.

Isso permitirá à empresa ter um maior controle financeiro e uma melhor análise de seu fluxo de caixa, sabendo identificar onde estão as deficiências que a impedem de ter um lucro maior.

Atualmente a consultoria financeira pessoal e empresarial pode ser oferecida num processo de coaching. Neste caso Coach e Cliente estabelecerão estratégias através de encontros periódicos para trabalharem objetivos financeiros.

Você também pode ter interesse em coaching, fluxo de caixa e gestor financeiro.

Elisângela Dias
Elisângela Dias
Graduada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Estácio de Sá em 2004. Pós graduada em Gestão de Projetos pela Universidade Cândido Mendes em 2007.
DBE: o que é e como consultar O que é consultoria financeira? Consumo