Significado de broker

Um broker é um agente ou uma empresa que faz a interligação entre um comprador e um vendedor. Em português, o termo broker significa “corretor” ou “intermediário”. A expressão possui uma aplicação bastante diversificada no vocabulário econômico. Seus usos principais estão ligados ao comércio, ao mercado de ações, ao mercado imobiliário e à logística marítima.

Em geral, a função do broker não se limita a encontrar e colocar em contato os interessados em um negócio. Em muitos setores, o broker costuma ser um agente que agrega valor à operação, por exemplo, funcionando também como uma espécie de consultor, por ter amplo conhecimento sobre o mercado em que trabalha. Independentemente do setor, os brokers costumam atuar mediante o pagamento de comissões.

Broker no comércio

O broker é um agente que trabalha na cadeia de distribuição da indústria, fazendo a ponte com o comércio varejista.

Nesse setor, o broker costuma ser o representante de uma ou mais indústrias, mas não se limita à função de vendedor ou distribuidor. O broker trabalha de uma forma mais próxima ao cliente, por exemplo, acompanhando o giro de mercadorias, elaborando estratégias de marketing, ajudando a gerenciar o estoque e a definir qual o mix de produtos adequado para aquele vendedor específico.

Ou seja, mais do que conhecer os produtos que representa, o broker precisa também se aprofundar no perfil do comprador. Com isso, pode oferecer um serviço mais personalizado visando o incremento das vendas.

Broker no mercado de ações

No mundo financeiro, o broker é o operador da corretora de valores, ou seja, o indivíduo que atua diretamente na compra e venda títulos e ações. No caso de trabalhar com ações, é também chamado de stockbroker. No Brasil, o ofício é formalmente designado como Agente Autônomo de Investimento e, para exercê-lo, é preciso ter certificação.

Quem quer investir em ações não pode atuar diretamente na Bolsa de Valores, necessitando obrigatoriamente da intermediação de uma instituição financeira autorizada, a corretora, que atua por meio de seus operadores. O broker é o profissional associado à corretora que executa as operações de compra e venda solicitadas pelos clientes.

Mesmo atuando para uma corretora, o broker precisa conquistar e administrar sua própria carteira de clientes, fazendo seu rendimento por meio de comissões.

Pela legislação brasileira, o broker não está autorizado a fazer recomendações de compra e venda de ações. Essa função é exercida pelos analistas das corretoras. No entanto, é função do broker informar os seus clientes sobre o que dizem as análises mais recentes, ajudando-os a tomar decisões sobre seu investimento.

Quando o cliente é um grande investidor institucional, em geral ele já possui informações suficientes para tomar suas decisões sobre a compra e a venda de ações. Nesse caso, cabe ao broker apenas executar suas ordens.

No entanto, quando lida com pequenos investidores, o broker pode assumir uma função próxima à consultoria. Para isso, precisa estar bem informado sobre as análises do mercado financeiro e conhecer o perfil do seu cliente.

Home broker

O home broker é um sistema oferecido pelas corretoras para a compra e venda de ações pela internet. A corretora continua funcionando como intermediária da operação, mas o cliente executa diretamente as suas ordens, bastando para isso ter um cadastro e um computador.

Além de permitirem a compra e a venda de ações com poucos cliques, os sistemas de home broker costumam fornecer as cotações e análises necessárias para a tomada de decisões, além de permitirem ao cliente acompanhar os resultados de suas operações.

O surgimento do home broker ajudou a popularizar os investimentos em ações, por ser mais ágil e ter custos menores. Essa modalidade, porém, não está livre de riscos. O investidor pouco experiente pode ficar mais vulnerável aos riscos inerentes ao mercado de ações, por não ter um acompanhamento personalizado de um especialista. Há também os riscos relacionados à segurança virtual.

Broker no mercado imobiliário

No mercado imobiliário, o broker é o corretor de imóveis. Dentro desse campo, está se popularizando a expressão private broker, usada para designar os corretores que atuam no segmento de luxo, oferecendo atendimento exclusivo e personalizado a clientes de alto poder aquisitivo interessados na compra e venda de imóveis.

Broker na logística marítima

Na logística marítima, o broker é uma empresa que faz a intermediação entre as cargas e os navios. O broker atua na logística, no fretamento e na contratação de espaços nas embarcações para clientes exportadores e importadores que não possuem um departamento próprio para isso.