Trabalho online: 21 áreas onde trabalhar na internet

Leonardo Pereira
Leonardo Pereira
Economista

Trabalhar pela internet é algo que já faz parte da vida de muitas pessoas. Boa parte exerce a sua profissão em trabalho remoto, o Home Office, quando contratada por empresas com foco no meio digital. Em outros casos, o freelance é a opção de trabalhadores autônomos têm os próprios projetos.

Ao conseguir um trabalho online, muitas pessoas optam por trabalhar a partir de casa, deixando de enfrentar o trânsito em grandes cidades e passando mais tempo com a família. Se está à procura de novas ideias para trabalhar nesse meio, siga as dicas que separamos abaixo.

1. Vendas online

Para ser um bom vendedor é preciso conhecer o produto que irá vender e saber contactar o público certo. O comércio eletrônico, por exemplo, é uma das formas de vender ao vasto público da internet apresentando a sua "vitrine" por lá.

As opções são vastas e dependerá do produto que o público poderá conhecer. Uma das opções são os marketplaces de páginas mais conhecidas, como a Amazon ou o Mercado Livre. Também é possível ter um domínio próprio, utilizando serviços como o UOL Host, Loja Virtual ou Nuvem Shop.

Além dos produtos, existem também os serviços. Este é um caso comum de empresas que migraram os seus serviços para o mundo digital, e já contam com vendedores próprios nesse ambiente.

2. Suporte ao cliente

Além das vendas, muitas empresas buscam acompanhar a satisfação de seus clientes durante e após o processo de compra. O suporte ao cliente atua nesse sentido.

Em ramos online é muito comum o suporte técnico, que permite ao profissional desempenhar a sua função remotamente pela internet.

Para isso o profissional deve ter os conhecimentos necessários de auxílio à distância, assim como boa comunicação ao contactar as pessoas.

3. Edição de vídeos e fotos

Editor de vídeo

A criação e edição de vídeos é cada vez mais procurada, já que conteúdos em vídeo estão por toda parte e cada vez mais em alta.

Para muitas empresas ou projetos, ter uma pessoa própria na edição dos seus vídeos se tornou um diferencial. Isto se aplica à vídeos publicitários, para redes sociais, videoaulas, entre outros. Se quiser ter o próprio negócio, também é possível criar e vender em sites de uso comercial.

Para ser um editor você precisa de computador e programa próprios, acesso à internet e criatividade na edição.

4. Design gráfico

Designer Gráfico é como é conhecido o profissional que trabalha com gráficos e imagens de todos os tipos.

Uma das áreas de atuação é o design de sites, como o de uma empresa, por exemplo. Sua criatividade possibilita arquitetar páginas atraentes aos clientes.

Indo ainda mais longe, os designers auxiliam na criação de logotipos e banners ao setor de marketing. E isso pode ser feito de casa, contratado por uma empresa ou sendo freelancer.

5. Copywriting

O copywriter, ou simplesmente copy, é o profissional que produz textos que visam alavancar as vendas das empresas. Suas atividades incluem a produção de slogans, artigos para sites, posts ou eBooks, como ações de marketing do negócio.

Com os conhecimentos prévios, é possível fazer isso de casa utilizando apenas um computador e acesso à rede.

6. Tradução

Ideia para trabalhar em casa copywriter

Além da possibilidade de oferecer aulas em outros idiomas, pessoas que dominam outras línguas podem oferecer serviços de tradução a partir da internet.

Exemplos de procura podem aparecer relacionados diferentes necessidades: teses de doutorado, documentos oficiais, tradução de sites para empresas, entre muitas outras.

7. Cursos online

A internet possibilitou passar o conhecimento adiante. Seja em formato simples ou de produção avançada, agora é possível ensinar uma habilidade a pessoas em qualquer lugar no mundo.

As possibilidades são muitas e vai desde aulas de música, inglês, Excel, programação, sejam elas gravadas ou ao vivo. Basta ter o contato com o público correto e as ferramentas adequadas.

8. Gestão de redes sociais

Se você tem habilidades e sabe como interagir com o público do Facebook, Instagram, TikTok, Twitter e outras redes sociais, pode ajudar empresas a impulsionar as suas vendas.

Para ser um gestor de redes sociais é preciso ter os conhecimentos adequados, como marketing ou administração, e também estar sempre atualizado neste mundo.

9. Consultoria

Ideia para trabalhar em casa consultoria

Sendo especialista em algum ramo, o consultor tem como função orientar empresas e pessoas em áreas relacionadas. Exemplos são as consultorias financeiras, empresariais ou contábeis.

Serviços de consultoria podem ser feitos de casa utilizando a internet e softwares de vídeo para atendimentos síncronos, como o Zoom.

10. Assistência virtual

O assistente virtual é uma pessoa procurada para os serviços de secretariado, atuando pela internet com o uso de ferramentas adequadas. É, por isso, responsável pela organização de rotinas e tarefas de clientes remotamente.

Sua função dependerá das necessidades de quem o contratar de modo a organizar a agenda do seu contratante, trabalhando à distância.

Nesse caso, além de ser uma pessoa organizada, é recomendado alguma experiência com secretariado e no manuseio de ferramentas de comunicação.

11. Contabilidade

Contabilistas podem exercer a sua profissão a partir de casa, seja como empregado de uma empresa ou tendo um negócio próprio neste ramo.

Além de conexão à internet, um contabilista precisa dos softwares instalados no computador, necessários à profissão.

12. Programação

ideia para trabalhar em casa: programador

A programação é uma vasta área em que profissionais são cada vez mais requisitados no mercado de trabalho. Muitos já trabalham remotamente ou têm os seus serviços contratados em regime de freelance.

Além de conhecimentos na área, como as linguagens de programação, são precisos bons equipamentos e software se for trabalhar em casa. Prepare também o seu inglês e esteja atento às oportunidades de empresas em outros países.

Profissionais dessa área também conseguem criar o próprio negócio desenvolvendo ideias e produtos para o mercado.

13. Blog com marketing de afiliados

Marketing de afiliados é uma forma de ganhar dinheiro divulgando produtos e recebendo comissões por isso.

Uma dos exemplos é criando um blog sobre algum tema, divulgando sobre produtos no conteúdo e direcionando corretamente os leitores. Para cada compra a partir do link utilizado, o afiliado ganha parte do dinheiro da venda.

Também existem plataformas próprias para isso, como a Hotmart, Monetizze ou Eduzz.

14. Aluguel de quartos e imóveis

Esta é uma opção para quem possui um quarto ou apartamento que poderia alugar, utilizando a internet como aliada na hora de encontrar hóspedes.

Uma dos exemplos para isso é o Airbnb, onde você pode anunciar gratuitamente o imóvel e ainda estar em contato com os clientes de maneira simplificada.

15. Criação de conteúdos

Ideia para trabalhar em casa criador de conteúdos

Conteúdos em texto, áudio ou vídeo contribuem para aquilo que provavelmente mais caracteriza o mundo digital: informação. Estes formatos permitem que diferentes nichos sejam alcançados com a informação produzida, gerando renda para quem o criou.

Muitas empresas contratam pessoas em regime freelance e em casa para trabalhos deste tipo. Outra opção é criar conteúdos próprios em blogs ou canais do YouTube, por exemplo.

16. Telemarketing

O setor do telemarketing tem migrado cada vez mais para o trabalho remoto, podendo ser feito a partir de casa com computador e telefone próprios.

Antes disso, porém, é necessário ter conhecimentos na área ou especialização através de cursos.

17. Fotografia

Pela internet, é possível disponibilizar fotografias para venda por meio de sites como Shutterstock, iStock ou BigStock onde suas fotos podem ser disponibilizadas para interessados.

Para comercializar boas imagens ao público online, é preciso ter especialização como fotógrafo e bons equipamentos para a empreitada.

18. Canal no Youtube

Ganhar dinheiro com curso online

Para aqueles que gostam de explicar o que sabem em vídeos, o Youtube é uma ótima forma compartilhar informação com o mundo e ainda ganhar um dinheiro com isso.

Além de entender sobre o assunto, é importante ter conhecimentos de edição de vídeos e muita criatividade para atrair o maior número de internautas para os seus vídeos.

Nos vídeos aparecem publicidades monetizadas pelo Google Adsense, ficando parte deste dinheiro com o dono do canal. Além disso, é possível fechar parcerias com os seus próprios anunciantes ou ter uma loja própria que venda camisetas com a marca do canal, por exemplo.

19. Digital influence

Os influenciadores digitais estão cada vez mais presentes na internet buscando motivar e chamar a atenção do seu público de alguma forma.

Este "fenômeno" da internet pode gerar renda ao influencer quando divulga em suas redes sociais, produtos e marcas. Para isso deve conquistar um público engajado e bem segmentado, e ainda ter visibilidade às empresas certas.

20. Transmissão Twitch

A Twitch é uma plataforma voltada às transmissões ao vivo de jogos, músicas, lifestyle, esporte, entre outros. Nela é possível, por exemplo, atrair um público para vê-lo jogar online, ou mesmo tocar instrumentos em diferentes ritmos.

Além disso, ela permite instigar os espectadores a doarem ou se tornarem membros, contribuindo para a renda do streamer - pessoa que faz a transmissão.

21. Investimentos financeiros

investidor financeiro trabalhando pela internet

A modernização do setor de investimentos financeiros levou a que todo o processo fosse feito online. Ao investir em ações na bolsa, por exemplo, um usuário pode abrir uma conta em uma corretora e começar a investir pelo home broker que ela oferece a partir de casa. O mesmo acontece com a compra e venda das criptomoedas, como a Bitcoin. Tudo isso feito pela internet.

Para ser um investidor é preciso conhecer técnicas de diversificação de ricos e aprender a como aplicar o seu dinheiro corretamente. Por isso, para começar a investir será preciso estudar e conhecer os diferentes ativos financeiros do mercado.

Um investidor tem como opções se candidatar a empresas do ramo que oferecem o teletrabalho, ou gerenciar os próprios fundos quando sente que tem capacidade de gerar próprios rendimentos.

Como trabalhar pela internet a partir de casa

O trabalho remoto é cada vez mais comum em todo o mundo. Isto ocorre graças à tecnologia que permitiu estarmos conectados com as pessoas que precisamos: chefes, colegas de trabalho, clientes, entre outras.

Além do trabalho remoto contratado por empresas, seja ele híbrido ou integral, existem formas de trabalhar por conta própria ou como freelancer. Um exemplo é o acesso ao trabalho freelance através de portais próprios para isso.

Entre as vantagens do trabalho à distância está a possibilidade de evitar o trânsito da ida ao trabalho, economizando tempo e estando mais com a família. Essa tendência tornou-se possível pela consideração das empresas aos seus benefícios e da mais fácil adaptação dos negócios em casa. Porém, isso depende do quanto produtivo você consegue ser em casa.

Para trabalhar com eficiência em casa, você precisará:

  • Da tecnologia adequada (hardware e software) e um bom provedor de internet,
  • Um espaço de trabalho próprio ou o mais separado possível da casa,
  • Uma programação viável que você possa cumprir,
  • Saber se conectar com outras pessoas.

Além disso, não se pode deixar de considerar que o aprendizado deve ser constante, seja na sua área, estando adaptado ao mercado e também adaptado às mudanças na internet.

Leonardo Pereira
Leonardo Pereira
Licenciado em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto (2021), em Portugal