Entenda o conceito dos 4Ps do Mix de Marketing e veja exemplo

O que é Mix de Marketing?

O Mix de Marketing é mais conhecido pela sua composição em "4Ps" e é um plano abrangente de marketing feito para alcançar o público-alvo pretendido.

Nesta estratégia, a empresa considera um conjunto de táticas que possam produzir os efeitos que deseja no mercado que está inserida. Estas medidas focam em quatro variáveis: Produto, Preço, Praça e Promoção.

Um mix de marketing consiste em criar um plano abrangente de marketing com foco em quatro partes distintas. Estas quatro partes estão em poder da administração da empresa e podem ser utilizadas para melhorar a visibilidade dos consumidores ao produto.

A estratégia pode ser aplicado a produtos já existentes no mercado ou desde o lançamento de um novo produto. O que importa é que o produto oferecido deve reunir as características desejadas pelos consumidores.

A classificação em "4Ps" foi introduzida por E. Jerome McCarthy ainda nos anos 1960 e popularizada em anos posteriores por outros nomes como Philip Kotler. São originalmente conhecidos em inglês como Product, Price, Place e Promotion. Fique a conhecer os quatro elementos do Marketing Mix.

Conhecendo os 4Ps do Mix de Marketing

Até meados do século passado, as empresas ainda produziam em massa e consideravam apenas o benefício que poderia oferecer a quem comprasse os seus produtos.

O mix de marketing introduziu a ideia de influenciar a demanda através do produto, aumentando o foco para além do produto. A estratégia passava a se centrar mais no aumento de consumidores potenciais do que no aumento da oferta do produto.

Produto (Product)

O produto oferecido deve satisfazer as necessidades das pessoas que precisam dele. Mas, mais do que isso, deve se diferenciar de outros concorrentes que também satisfazem essas mesmas necessidades.

Um produto pode ter diferentes formas, como um bem tangível, um serviço, uma organização, um patrimônio ou mesmo uma ideia. O importante aqui é que atenda às necessidades de um conjunto de consumidores.

Para que o produto tenha sucesso no mercado, os administradores precisam avaliar o ciclo de vida em que se encontra. Desta forma é que podem entender qual o melhor nível para investimento: elevado para um produto em ascensão ou reduzido para um produto em declínio que precisa de renovação.

Preço (Price)

O preço do produto indica o quanto os consumidores estão dispostos a pagar por ele e a empresa deve reconhecer o valor que tem no mercado.

A administração deve definir o preço contabilizando os custos, considerando os concorrentes e conhecendo a estrutura do mercado. Um preço muito elevado tanto pode dar valor ao produto como torná-lo muito caro.

Praça (Place)

As características do produto dizem muito ao local onde deverá ser comercializado. Alguns são de grande distribuição, como em supermercados, e outros em distribuição menor e em locais mais apropriados.

Nesta variável é possível considerar, ainda, se o produto pode ser vendido em locais físicos, pela internet ou por ambos. Algumas empresas também consideram a venda por telefone ou outros meios, de acordo com o produto.

Promoção (Promotion)

No mix promocional as empresas tomam iniciativas que promovem o conhecimento dos consumidores ao produto.

Para isso, existem estratégias que envolvem a publicidade e a divulgação do que pode ser oferecido com a compra do produto. Este é um passo onde existe a comunicação da empresa com o público.

A divulgação pode ser feita por diferentes canais, como a televisão, internet, nas ruas com folhetos ou outdoors, entre outros meios. Tudo depende do que pode ser feito pela empresa.

Exemplo de Mix de Marketing

No Brasil e no mundo existem exemplos de grandes empresas que adotaram métodos de mix de marketing e conseguiram reinventar a marca.

Um dos exemplos mais conhecidos foi o da marca Havaianas, que a partir dos anos 1990 modificou vários parâmetros de seu marketing de acordo com os 4Ps:

  • Produto: a empresa apostou, sobretudo, na diversificação da marca, passando de apenas um modelo para vários, com cores e tipos diferentes.
  • Preço: originalmente, a empresa comercializava produtos com preço bem reduzido. Com a diversificação pôde cobrar preços mais elevados e mudar o valor que as pessoas tinham pela marca.
  • Praça: os chinelos que eram comercializados apenas em supermercados, passou a ser vendido em lojas e, até, em loja própria.
  • Promoção: uma das grandes táticas da empresa sempre foram as publicidades marcantes, contando com personalidades famosas, atuação cômica e frases de efeito.

Com o mix de marketing a empresa conseguiu mudar a visão que as pessoas tinham de seu produto, valorizar e aumentar as receitas e até mesmo se expandir para o exterior.

Saiba o que é e como identificar um público-alvo e ainda o que é o marketing.

Publicado em
Entenda o conceito dos 4Ps do Mix de Marketing e veja exemplo 5 Forças de Porter