O que é Valor Presente Líquido (VPL) e como calcular

Leonardo Pereira
Leonardo Pereira
Economista

O Valor Presente Líquido (VPL) é calculado para se conhecer o valor atual do retorno de um investimento. A análise do seu valor permite decidir se um projeto é viável ou não.

O cálculo do VPL é feito atualizando todo o fluxo de caixa de um investimento para o valor atual. Na fórmula se utiliza uma taxa de desconto que pode ser a Taxa Mínima de Atratividade (TMA).

A fórmula para o cálculo da VPL é a seguinte:

Formula do valor presente

  • FC = Fluxo de caixa
  • TMA = Taxa mínima de atratividade
  • j = período de cada fluxo de caixa

Nesta fórmula temos um somatório que atualiza cada um dos valores do fluxo de caixa que geram entrada de dinheiro ao investidor, subtraído do investimento inicial.

Exemplo de cálculo da VPL

Vamos calcular, como exemplo, um investimento feito ao custo de R$ 15.000,00 e retorna um fluxo de caixa igual a R$ 3.500,00 por 5 anos. O investidor considera que sua TMA hoje é de 4% ao ano.

Somando cada fluxo de caixa, utilizando os valores negativos para as saídas e positivos para as entradas, a síntese do cálculo é demonstrada na tabela:

Período (j) Fluxo de Caixa (FC) Fórmula da VPL Fluxo de Caixa Atualizado
0 R$ - 15.000,00 -15.000/(1+0,04)0 R$ -15.000,00
1 R$ 3.500,00 3.500/ (1+0,04)1 R$ 3.365,38
2 R$ 3.500,00 3.500/ (1+0,04)2 R$ 3.235,95
3 R$ 3.500,00 3.500/ (1+0,04)3 R$ 3.111,49
4 R$ 3.500,00 3.500/ (1+0,04)4 R$ 2.991,81
5 R$ 3.500,00 3.500/ (1+0,04)5 R$ 2.876,74

VPL = R$ 581,38

Com este valor, sabemos que a uma Taxa Mínima de Atratividade de 4% o investimento é viável, pois gera uma rentabilidade tendo um VPL positivo.

Quando o cálculo é feito para cada período, como na tabela acima, torna possível identificar a VPL para fluxos de caixas com valores diferentes.

Significado do VPL e TIR nos investimentos

Se um investidor pretende analisar a viabilidade de um projeto, pode utilizar o cálculo do VPL com uma taxa mínima de atratividade de seu conhecimento. A TMA do investidor é a rentabilidade mínima esperada e comparada a outros investimentos.

Calculando a VPL vemos o quanto vale o capital de um investimento no presente. No exemplo anterior vimos que a entrada de R$ 3.500,00 daqui a 5 anos, considerando uma taxa de 4%, equivale hoje a R$ 2.876,74, ou seja, vale menos.

A interpretação para o VPL é feita de forma simples: sendo positivo o investimento é rentável e se for negativo não é rentável.

Os valores da VPL podem variar, ainda, conforme a taxa considerada. Para um mesmo fluxo de caixa, quanto maior for a Taxa Mínima de Atratividade, menor será o VPL, e vice-versa. As possibilidades aparecem como no gráfico:

Gráfico de análise VPL

Como alternativa, é possível investigar qual será a taxa utilizada que faz com que o VPL seja igual a zero, conhecida como Taxa Interna de Retorno ou TIR. Aquele é um ponto de indiferença, sem lucro ou prejuízo.

A TIR e a Taxa Mínima de Atratividade possuem uma relação em que:

  • Se a TIR for maior que a Taxa Mínima de Atratividade, o VPL é positivo e o investimento é bom;
  • Se a TIR for menor que a Taxa Mínima de Atratividade, o VPL é negativo e o investimento é ruim.

Sendo assim, sabendo a TIR basta verificar que a TMA é menor para que o valor atual do investimento seja positivo e viável.

Como calcular VPL no Excel

Para o cálculo no Excel é preciso preencher o fluxo de caixa, adicionando o valor inicial em negativo. As outras entradas aparecem em outras linhas, além da taxa de juros considerada como Taxa Mínima de Atratividade.

Após todos os dados colocados, o cálculo da VPL pode ser feito em uma célula em branco utilizando a fórmula " =VPL(Taxa; Fluxo de Caixa)+Investimento Inicial".

Exemplo do VPL no Excel

Como exemplos, colocamos dois projetos preenchidos em uma planilha do Excel. O primeiro com Taxa Minima de Atratividade 5% e o segundo de 2% e fluxos de caixa diferentes:

Exemplo de Calculo do VPL em Excel

O VPL é calculado para o projeto 1 no espaço B13 utilizando a fórmula =VPL(B1;B5:B11)+B4 e o segundo VPL para o projeto 2 com a fórmula =VPL(C1;C5:C11)+C4.

Além disso, é possível também calcularmos o valor da TIR para comparar com a Taxa Mínima de Atratividade destes projetos. A fórmula é mais simples, pois basta selecionar todo o fluxo de caixa na fórmula, fazendo: =TIR(B4:B11) para o primeiro projeto e =TIR(C4:C11) no segundo.

Analisando a TIR em conjunto vemos facilmente o porque de o Projeto 2 ter um VPL negativo, já que a Taxa Mínima de Atratividade de 2% é superior aos 1,534% da TIR.

Como calcular a VPL na calculadora financeira HP 12c

O VPL é facilmente calculado em uma calculadora financeira, como a HP 12c, uma das mais utilizadas.

A função que corresponde nesta calculadora aparece de cor laranja com a sigla NPV, que quer dizer o VPL em inglês (Net Present Value). Esta função se torna ativa quando pressionamos o botão " f ".

O cálculo é feito preenchendo cada valor do fluxo de caixa nas funções de cor azul ativadas com a tecla "g". Os passos são os seguintes:

  • Digitar o valor de investimento inicial → CHS g → CFo;
  • Preencher com os valores do fluxo de caixa → g → CFj;
  • Caso algum valor preenchido em "CFj" se repita, basta digitar a quantidade desta repetição → g → Nj ;
  • Digitar a Taxa Mínima de Atratividade → i ;
  • Descobrir a VPL pressionando: f → NPV.

Exemplo do VPL na HP 12c

Como exemplo para o cálculo, podemos calcular um VPL para um investimento inicial de R$ 40.000,00 com um retorno esperado de R$ 5.000,00 ao fim de cada ano e por um período de 12 anos e uma taxa de 4%.

Como se trata de um fluxo de caixa repetido podemos utilizar a função "Nj". Os passos para este cálculo são:

  • 40.000 → CHS → g → CFo ;
  • 5.000 → g → CFj ;
  • 12 → g → Nj ;
  • 4 → i ;
  • Ao final, as teclas: f → NPV

O VPL resultante é o de R$ 6.925,37. Se quisermos também saber qual a TIR deste investimento basta pressionar "f" e a tecla "IRR" e o resultado é de 6,865% para este investimento.

Saiba mais: o que é Custo de Oportunidade e como calcular

Leonardo Pereira
Leonardo Pereira
Licenciado em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto (2021), em Portugal