CDI: o que é a taxa CDI e qual o seu rendimento

O que é CDI?

O Certificado de Depósito Interbancário (CDI) é um título emitido por bancos ou instituições financeiras como forma de atrair mais liquidez para a instituição.

Por meio destes títulos os bancos emprestam dinheiro uns aos outros em operações de curtíssimo prazo, normalmente um dia. Este processo permite que nenhum banco termine suas operações diárias com mais saques do que depósitos.

A taxa do CDI define a remuneração exigida pelo banco que emite o título a outros bancos. Essa taxa acaba por influenciar o rendimento da maioria das aplicações em renda fixa.

Vale perceber que os CDIs não são oferecidos ao público ou a investidores pessoas físicas. A aplicação é feita somente entre instituições financeiras, influenciando na forma como elas oferecem ao público suas aplicações financeiras.

Taxa DI: o que é e valor hoje

A taxa dos Certificados de Depósito Interbancário é definida diariamente pela B3. Essa instituição reúne a Bolsa de Valores com a Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos (CETIP), que é o órgão responsável por esses títulos.

A taxa dos títulos CDIs é conhecida como Taxa DI-Cetip e é calculada diariamente pela instituição, correspondendo a uma média de todas as taxas das operações ocorridas no dia.

A taxa do CDI de hoje anualizada pode ser conferida no próprio site da B3. Já os valores mensais e acumulados para a taxa DI podem ser conferidos abaixo:

Taxa DI mensal em 2019
Mês Valor Mensal (%) Acumulado no ano (%) Acumulado dos últimos 12 meses (%)
JAN 0,5430 0,54 6,38
FEV 0,4936 1,04 6,41
MAR 0,4688 1,51 6,34
ABR 0,5183 2,04 6,34
MAI 0,5430 2,59 6,37
JUN 0,4688 3,07 6,32
JUL 0,5678 3,66 6,35
AGO 0,5017 4,18 6,28
SET 0,4638 4,66 6,27
OUT 0,4793 5,16 6,20
NOV 0,3804 5,56 6,09
Taxa DI mensal em 2018
Mês Valor Mensal (%) Acumulado no ano (%) Acumulado dos últimos 12 meses (%)
JAN 0,5834 0,58 9,38
FEV 0,4649 1,05 8,95
MAR 0,5316 1,59 8,39
ABR 0,5175 2,11 8,10
MAI 0,5175 2,64 7,66
JUN 0,5175 3,17 7,35
JUL 0,5422 3,73 7,08
AGO 0,5669 4,32 6,83
SET 0,4681 4,81 6,65
OUT 0,5430 5,38 6,55
NOV 0,4936 5,90 6,47
DEZ 0,4936 6,42 6,42

Conheça também os valores que se acumularam nos últimos anos:

Taxa DI anual acumulada
Ano Acumulado no ano (%)
2017 9,93
2016 14,00
2015 13,24
2014 10,81
2013 8,06
2012 8,40
2011 11,60
2010 9,75

A taxa calculada no mercado interbancário para operações de um dia útil é conhecida como "over" e tem um valor equivalente à taxa "Selic over".

A taxa do CDI serve como indicador para a maioria dos investimentos em renda fixa, que acompanham a rentabilidade do título.

Rendimento da taxa CDI

Em muitos investimentos, a taxa do CDI indica diretamente o quanto de rentabilidade a aplicação deverá ter durante o prazo aplicado.

O rendimento destas aplicações pode ser indicada como uma porcentagem do CDI:

  • Se for igual 100% a aplicação terá a mesma rentabilidade que o CDI
  • Se for menor que 100% a aplicação terá uma rentabilidade menor que o CDI.
  • Se for maior que 100% a aplicação terá uma rentabilidade maior que o CDI.

Por exemplo, um CDB que diz render a 90% do CDI, em um período que a taxa DI esteja em 5%, indica que o CDB poderá ter um rendimento de 5% x 0,90 = 4,5%.

Já um outro CDB em que o rendimento diz ser de 100% do CDI, significa que a rentabilidade será a mesma praticada pela taxa DI do período.

Diferença entre CDI e CDB

Os certificados de depósito funcionam da mesma forma: um depósito é feito e rende a uma taxa pré-determinada. Porém, são diferentes os agentes que podem investir em CDBs e nos CDIs.

Os Certificados de Depósito Bancário (CDB) são aqueles em que os bancos oferecem a seus clientes como forma de investimento em renda fixa. O dinheiro aplicado é utilizado pelo banco em suas operações financeiras e retornam uma rentabilidade pelo tempo depositado.

Já no caso dos Certificados de Depósito Interbancário (CDI) a aplicação é feita somente entre instituições financeiras, mesmo que concorrentes, que procuram cobrir o que está em falta em determinado período. Isso acontece porque os bancos devem terminar o dia com as suas contas em equilíbrio, de acordo com regra do Banco Central.

Apesar disso, o CDI e sua taxa influenciam diretamente os investimentos em renda fixa, como o próprio CDB, mas também outros como LCI e LCA.

Entenda como funciona o CDB e como investir em LCI e LCA.

Qual a relação entre a taxa CDI e taxa Selic

A taxa Selic é a taxa básica de juros da economia brasileira, definida pelo Banco Central. Seu valor vem de uma meta escolhida pelo Bacen, influenciando a rentabilidade dos títulos públicos mas também de toda a atividade econômica.

A taxa DI é diretamente influenciada pela taxa Selic, já que quando um banco precisa terminar o dia com excedentes pode recorrer a outros bancos ou ao Banco Central. Pela primeira opção, deve pagar a taxa CDI e pela segunda a taxa Selic.

Acontece que, se as duas taxas estiverem diferentes, as instituições financeiras recorreriam apenas ao meio que fosse mais "barato". Por este motivo é que as duas taxas são as mesmas.

Ao influenciar a taxa DI, que remunera os Certificados de Depósito Interbancário, a taxa Selic consegue também influenciar outros investimentos que fazem parte da nossa economia. Tudo isso faz parte da Política Monetária adotada pelo Banco Central.

Saiba como acontece a Politica Monetária e saiba como a taxa Selic influencia a economia.