O que é qualidade de vida no trabalho?

Elisângela Dias
Elisângela Dias

A qualidade de vida no trabalho (QVT) diz respeito às condições de vida dentro do ambiente corporativo. Ela corresponde ao grau de satisfação das necessidades pessoais que o funcionário consegue obter enquanto exerce sua função.

A QVT é um conceito amplo, cujo objetivo é encontrar o ponto de equilíbrio entre o bem-estar do trabalhador e a eficácia da empresa. A qualidade de vida no trabalho é um dos indicadores da saúde organizacional.

Melhorias na qualidade de vida do trabalho nas empresas passam por ajustes em termos de infraestrutura, higiene e segurança do ambiente, assim como dos aspectos psicológicos e sociais.

Exemplos de fatores na qualidade de vida no trabalho

  • Ambiente psicológico e físico de trabalho
  • Satisfação com a função executada
  • Motivação para o exercício da atividade
  • Oportunidade de crescimento
  • Desenvolvimento pessoal
  • Clima organizacional
  • Remuneração justa e adequada
  • Benefícios concedidos
  • Segurança na função
  • Reconhecimento pelo trabalho
  • Feedback das atividades
  • Relacionamento com colegas e superiores
  • Liberdade de decisão e participação
  • Igualdade de oportunidades

Programas de qualidade de vida no trabalho

A empresa pode promover uma série de ações com o objetivo de aumentar os níveis de satisfação do funcionário, desde atividades simples e sem custos, até projetos mais complexos. Eles variam conforme o tamanho e a área de atuação da empresa.

Programas de bem-estar corporativos podem ser determinantes em termos de saúde laboral, sendo inclusive um fator de redução de custos. Seguem alguns exemplos de programas de qualidade de vida no trabalho.

Treinamento e promoção do desenvolvimento intelectual

Investir na formação do funcionário, com cursos e treinamentos, além de ampliar conhecimento, oferece realização pessoal e pode servir como reconhecimento e bonificação.

Se um funcionário com bons resultados em sua função administrativa demonstrar interesse por um curso de especialização, oferecer o curso a ele não apenas vai realizá-lo pessoalmente como também trará benefícios para a empresa, uma vez que o colaborador, além de mais motivado para executar seu trabalho, ficará também mais qualificado

Feedback e avaliação de desempenho

Um programa de aplicação mais simples e sem custos é a sistematização do feedback. Organizar uma rotina de avaliação de desempenho traz inúmeros benefícios à empresa.

O feedback, quando feito, deve ser adequado ao funcionário e utilizar técnicas que não tratem apenas dos pontos negativos. Um exemplo é o feedback-sanduíche, em que o gestor começa com elogios, passa às críticas, e retoma os pontos fortes do colaborador no fim da conversa.

Oferecer soluções para ajustar más condutas também faz parte de uma boa estratégia de feedback.

Flexibilização do horário de trabalho

O horário aparece cada vez mais como ponto importante da qualidade de vida no trabalho. Nas grandes cidades brasileiras, o trânsito é complicado nos horários de entrada e saída da maior parte dos empregos. Muitos funcionários ficam horas parados no transporte para chegar a tempo ao trabalho, o que reduz ainda mais suas horas livres e aumenta os níveis de estresse.

O gestor deve observar de perto seus colaboradores e tentar entender como é a rotina de deslocamento de cada um. É preciso que a empresa questione até que ponto é indispensável ao negócio que os funcionários cumpram o horário comercial e, se possível, criar um horário de trabalho mais flexível ou mesmo possibilitar a adesão ao home office.

Outros programas que podem ser aplicados

  • Day off (dia de folga, sem desconto, no aniversário do funcionário)
  • Ginástica laboral
  • Massagem laboral
  • Ergonomia
  • Definição do plano de carreira
  • Estudo de cargos e salários
  • Preparação para a aposentadoria
  • Terapias alternativas
  • Orientação nutricional
  • Projetos culturais

O papel do funcionário na promoção da QVT

Parte da qualidade de vida no trabalho também é de responsabilidade do colaborador. Algumas atitudes precisam ser revistas para melhorar o clima no ambiente corporativo como um todo.

Evitar fofocas e procurar colaborar para que sejam mantidas boas relações interpessoais é essencial para se construir um bom clima organizacional.

Respeitar prazos é outro cuidado a ser tomado para o bem de todos, principalmente quando um atraso poderá afetar a vida de outros colegas e prejudicar o seu trabalho.

A importância da qualidade de vida no trabalho         

Uma maior qualidade de vida no trabalho significa uma organização mais humanizada e um maior nível de satisfação da equipe.

Sabendo que o colaborador passa a maior parte do seu dia no ambiente de trabalho, o gestor deve levar em consideração o impacto que essas horas exercem não apenas na saúde física, mas também na saúde mental do trabalhador.

Esse impacto tem relação direta com os resultados da organização. Ou seja, a qualidade de vida no trabalho está diretamente associada ao nível de rendimento, saúde, bem-estar e eficiência do funcionário. Assim, os programas de qualidade de vida no trabalho têm o objetivo de reter talentos e aumentar a produtividade.

A implementação de programas de qualidade de vida no trabalho, tem um impacto significativo na redução da rotatividade de pessoal (turnover). Com isso a empresa usufrui de altos níveis de motivação e engajamento por parte dos colaboradores.

Você também pode ter interesse em ética profissional, colaborador , turnover e missão, visão e valores.

Elisângela Dias
Elisângela Dias
Graduada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Estácio de Sá em 2004. Pós graduada em Gestão de Projetos pela Universidade Cândido Mendes em 2007.
Pump and Dump O que é qualidade de vida no trabalho? Qualidades valorizadas nos empregados