O que é pivotar?

Pivotar significa dar uma guinada no rumo de um negócio que não está tendo o sucesso esperado, com base na própria experiência adquirida com ele.

A palavra pivotar é um neologismo derivado do verbo em inglês “to pivot”, que significa girar.  Para entender o que pivotar significa no mundo dos negócios, um bom caminho é pensar na imagem de um carrossel, que dá voltas, mas se mantém fixo a um eixo.

Da mesma forma, uma empresa que decide pivotar não perde a sua base. É por isso que pivotar não significa desistir de um negócio, mas sim analisar o que está dando errado e tentar identificar novas oportunidades com base no que já existe.

Relação entre pivotar e as startups

O verbo pivotar tem forte ligação com o mundo do empreendedorismo, sobretudo das startups. Isso porque esses segmentos, por colocarem em prática ideias novas, correm mais risco de que as respostas do mercado não sejam exatamente aquelas esperadas durante o planejamento do negócio.

No caso das startups, também deve ser considerado que a decisão de reformar a estratégia de negócio é mais fácil de ser adotada porque esse tipo de empresa possui uma estrutura menor e, portanto, mas flexível. Fazendo uma analogia, é mais fácil mudar a direção de um barco pequeno do que de um grande navio em movimento.

Exemplo de como uma empresa pode pivotar

Um empreendedor decidiu abrir um café em um casarão agradável de uma grande cidade. O local é bem iluminado, silencioso, possui internet wi-fi, um grande jardim e produtos de qualidade à disposição dos clientes.

No entanto, após alguns meses de funcionamento, a receita com a venda de produtos alimentícios sequer é suficiente para pagar as despesas de funcionamento, quanto mais para dar lucro.

Uma opção seria desistir totalmente do negócio, fechar o café e arcar com o prejuízo do investimento no espaço. No entanto, esse empreendedor reparou que seu estabelecimento atrai muitos clientes, o problema é que eles não consomem muito.

Após uma análise, ele constatou que seu público procura o local não pelo café ou pelos bolos que ele vende, mas sim para trabalhar, já que não existe nenhum outro espaço na região destinado a autônomos que atuam de casa.

Ao perceber a verdadeira vocação do seu estabelecimento, esse empreendedor pode optar por transformar seu café em um espaço de coworking, por exemplo, fazendo as adaptações necessárias para atender à demanda real das pessoas dessa região.

Ao fazer a mudança de rumo do negócio, ele “pivotou” sua empresa, transformando um café fracassado em um escritório partilhado com grandes chances de sucesso.

Você também pode ter interesse em startup, empreendedorismo e plano de negócios.

PIS e COFINS O que é pivotar? O que é P&<?