Oligopólio

O que é oligopólio?

O oligopólio acontece de forma estrutural, ou natural, quando um setor da economia possui um número reduzido de empresas ofertando um produto ou serviço.

Esta formação de mercado se encontra entre o monopólio, caso onde existe apenas uma empresa, e a concorrência perfeita, onde existe uma quantidade "infinita" de empresas.

Por não estar em um cenário de ampla concorrência, um oligopólio permite que estas poucas empresas possam elevar os seus preços no mercado, aumentando o lucro do negócio. 

Características de um mercado oligopolista

Em resumo, um mercado em oligopólio pode possuir algumas características determinantes, como:

  • Um mercado composto por poucas empresas, normalmente apenas duas ou três;
  • Estruturado em concorrência imperfeita (entre monopólio e concorrência perfeita);
  • Existe uma interdependência entre as empresas, que dominam o mercado por possuírem uma produção eficiente e de custos controlados;
  • A procura pelo produto ou serviço é concentrado nas mesmas empresas.

Uma particularidade do oligopólio é que este pode existir em um cenário ainda competitivo, como também por cooperação das empresas, até, a formação de um cartel.

A concorrência entre oligopolistas é benéfico aos consumidores, já que os preços se mantêm reduzidos e o produto é oferecido em maior quantidade. Porém, as empresas em oligopólio têm sempre como alternativa a cooperação mais facilitada.

Diferença entre monopólio e oligopólio

A quantidade de empresas inseridas em um mercado define como os produtos são oferecidos, principalmente quanto aos preços. No caso do monopólio existe apenas uma empresa que domina o mercado, enquanto o oligopólio se apresentam duas ou mais.

Além disso, o monopólio é considerado exclusivamente um mercado sem concorrência, em que um bem essencial é oferecido apenas por um produtor.

A concorrência pode estar presente em um oligopólio, porém ainda de forma reduzida, e caso as empresas em um mercado de oligopólio não façam algum acordo de conluio.

Já no caso de cartéis, as empresas não competem no mercado por conta do acordo de cooperação que existe entre elas. Isso leva a que estas empresas se comportem como em um monopólio.

Tipos e formas de oligopólios

O oligopólio pode acontecer de duas maneiras diferentes, conforme o produto oferecido: Oligopólio Puro e Oligopólio Diferenciado.

O Oligopólio Puro existe quando o produto oferecido é homogêneo, como é o caso do alumínio ou do cimento, por exemplo.

O Oligopólio Diferenciado é característico de produtos que se podem diferenciar, inclusive na qualidade, como é o caso da indústria automobilística, por exemplo.

Formação de cartel a partir de um oligopólio

O oligopólio pode acontecer de uma forma mais estruturada, onde empresas entram em um acordo de cooperação conhecido como "conluio".

Através da cooperação entre empresas de um oligopólio, é possível que cada uma exerça preços mais elevados com um nível de produção reduzido, formando um cartel entre elas. 

A formação de cartéis deixa o mercado com baixa eficiência, fazendo com que os consumidores paguem mais por produtos essenciais.

Você pode saber mais sobre o que é um Cartel.

Outras formas de oligopólio

Além dos tipos dos cartéis, que considera a hipótese das empresas cooperarem, existem ainda outras formas que se podem resultar um oligopólio:

Truste

O truste surge quando algumas empresas em oligopólio perdem poder individual, e realizam uma fusão que resulta em uma única empresa. Em casos extremos, pode vir a ser um caso de monopólio para a economia.

Holding

Um holding é caracterizado quando uma empresa maior é controladora de outras empresas subsidiárias, que oferecem o mesmo produto no mercado, com o objetivo de serem um grupo empresarial de atividades mistas.

Conglomerado (grupo empresarial)

Um grupo empresarial é formado a partir de uma empresa holding, que se expande por participar em diferentes mercados, aumentando o poder de capital do grupo.

Você pode saber mais sobre o que é uma holding.

Exemplos de oligopólios no Brasil

No Brasil existem alguns oligopólios notáveis, como é o caso das companhias aéreas TAM, Gol e Azul, que dominam a oferta de voos comerciais.

Outros casos de oligopólios aparecem na indústria de gases industriais, dominada pelas empresas White Martins, Oximil e Air Liquide.

Reside ainda o fato de que, tanto no Brasil, como em vários outros países, o mercado de refrigerantes é dominado pelas empresas da Coca-cola e Pepsi.