Letra de câmbio - LC

A letra de câmbio, também conhecida como LC, é um tipo de título de crédito feito por escrito que vincula uma ordem de pagamento de uma pessoa para outra.

As LCs são uma das opções de investimento de renda fixa realizadas através de instituições financeiras, ou seja, empresas que atuam com oferecimento de crédito, sendo assim, de rentabilidade maior do que a poupança.

Conceito da LC

As letras de câmbio existem das relações de créditos, utilizada pelas instituições financeiras aceitantes, como forma de captação de recursos financeiros para emprestar à pessoas físicas ou jurídicas após um contrato de financiamento.

A emissão deste tipo de crédito é conhecida como "saque", o que a compõe em três características:

Sacador: aquele que emite a ordem de pagamento;

Sacado: a quem a ordem é emitida;

Tomador: o beneficiário desta ordem.

A validade da letra depende do "aceite" da ordem de pagamento pelo sacado. O sacador tem a possibilidade de criar uma ordem para si próprio, sendo ele, também, o sacador.

Por exemplo, um sacador ao adquirir um bem ou serviço de um tomador, pode enviar uma letra de câmbio a uma instituição financeira, que ao aceitar, passa a ser o sacado. Essa instituição envia o dinheiro ao beneficiário e passa a ser uma credora.

A letra de câmbio, como um documento, possui alguns requisitos para sua validade como:

  • As palavras “letra de câmbio”, inseridas no próprio texto, não apenas no alto do título;
  • O valor monetário a ser pago;
  • O nome do sacado;
  • O nome do tomador;
  • Data local onde a letra é sacada;
  • Assinatura do sacador; a inobservância de qualquer dos requisitos de validade, tem como consequência jurídica, sua descaracterização como título de crédito.

Investimento em letra de câmbio

As empresas financeiras concedem crédito a seus clientes captando recursos, por isso as letras de câmbio é uma opção de investimento com uma rentabilidade integrada.

Nas financeiras, apesar de menores comparadas aos bancos, o risco deste investimento diminui ao possuir um fundo garantidor (FGC) que funciona como um seguro para investimentos até R$ 250 mil, caso venha a falir.

Este investimento possui um prazo, que quanto mais tempo aplicado, mais rentável. Além disso, apresenta também três tipos diferentes quanto ao prazo de remuneração conhecidas como prefixadas, pós-fixadas e híbridas.

Prefixadas

A rentabilidade que será resgatada ao final do prazo já é conhecida antes de realizar o investimento. Se durante o prazo as taxas de juros subirem este rendimento ficará abaixo do real.

Pós-fixadas

A rentabilidade só é conhecida ao final do prazo do investimento, sendo possível saber apenas uma estimativa do valor. A taxa do rendimento varia conforme o mercado financeiro.

Híbridas

Este tipo possui um rendimento possui dois indexadores, como por exemplo, uma taxa de juros e o IPCA, neste caso uma fixa e outra variável.

As LCs como investimento possuem, também, participação no imposto de renda que variam entre 22,5% até 15% sobre os rendimentos, o que as diferenciam são os prazos que o dinheiro fica investido sendo a menor alíquota para maiores de 2 anos.

Lean Startup Letra de câmbio - LCLiberalismo econômico