O que é gerenciamento de riscos?

Gerenciamento de riscos, ou gestão de riscos, é um processo sistemático de planejamento estratégico dentro das empresas que tem como objetivo identificar, analisar e responder aos riscos aos quais ela está sujeita.

Seu objetivo é minimizar ou mesmo eliminar a possibilidade de esses riscos terem um impacto negativo sobre a corporação e seus projetos.

O gerenciamento de riscos corporativos (enterprise risk management, em inglês) adota medidas e políticas buscando o equilíbrio entre a prevenção dos riscos e os custos para evitá-los. Ele depende da tomada de decisões por parte dos responsáveis, que é mais efetiva quando baseada em um bom sistema de controle.

O que são riscos nas empresas?

Riscos são acontecimentos, condições ou circunstâncias futuras que podem provocar impacto, normalmente negativo, em um projeto ou empreendimento, como prejuízos ou danos.

O conceito de risco leva em consideração tanto a probabilidade e a frequência com a qual ele poderá ocorrer como a gravidade de suas consequências.

Os tipos de riscos aos quais uma empresa está vulnerável dependem de sua atividade. Podemos citar como exemplos:

  • Perdas de estoque ou de fornecedores
  • Perdas de receitas
  • Elevação de custos
  • Perda de funcionários importantes
  • Fraudes de colaboradores ou terceiros
  • Má gestão das contas
  • Dificuldades logísticas na distribuição
  • Falta de oferta de crédito
  • Multas e processos na Justiça
  • Perda de reputação da marca
  • Acidentes de trabalho
  • Acidentes ambientais

O que são riscos financeiros?

Todas as empresas estão sujeitas a riscos financeiros, que são aqueles que podem afetar a saúde de suas contas. Esses riscos podem ocorrer tanto por fatores internos como externos.

No caso dos fatores externos, podemos citar como exemplos as crises econômicas, a instabilidade nas taxas de câmbio e mudanças no mercado no qual a empresa atua ou nas políticas governamentais.

Já os fatores internos são derivados da própria atuação da companhia. Uma má gestão de caixa ou problemas na produção e na logística são exemplos de riscos que podem ter impacto direto nas contas e, consequentemente, no seu valor de mercado.

Controlar esse tipo de evento negativo é um dos objetivos dos processos de gerenciamento de risco de projetos.

Como é feito o gerenciamento de risco de projetos?

Existem várias metodologias que têm como objetivo gerenciar os riscos de um projeto. É possível, entretanto, identificar alguns pontos em comum entre elas. Uma política de gestão de riscos adota normalmente os seguintes passos:

Identificação dos riscos

Busca criar uma lista de todos os riscos que possam impactar o sucesso de um projeto ou o desempenho de uma atividade. É a etapa em que se busca identificar quais as possíveis fontes de risco.

O mapeamento é uma etapa crucial do processo de gestão de riscos e deve mapear de forma detalhadas todos os processos importantes para o bom desempenho da empresa, como a cadeia de suprimentos, o setor financeiro, os recursos humanos, as intalações e os processos de comercialização e venda ou prestação de serviço, que são a base da geração de receitas.

Análise dos riscos

Nessa etapa, se avalia qual a probabilidade de que cada risco efetivamente ocorra e qual seria o seu grau de impacto. Essas informações são necessárias para criar parâmetros de classificação dos riscos.

Priorização dos riscos

O objetivo dessa fase é criar um ranking, classificando os riscos de acordo com a análise feita na etapa anterior. Riscos com maior probabilidade de ocorrer e impactos mais graves devem ter prioridade na prevenção.

Planejamento das respostas aos riscos

Define as ações a serem tomadas para eliminar a probabilidade de um risco ocorrer ou minimizar o seu impacto, definindo, para isso, os procedimentos e técnicas a serem adotadas para cada caso.

Monitoração e controle dos riscos

Acompanha as atividades da empresas e os andamentos dos projetos visando aplicar as medidas que foram desenhadas para evitar os riscos já analisados e identificar novas ameaças, tomando ações corretivas sempre que necessárias.

Você também pode ter interesse em riscos nos investimentos e gestão da cadeia de suprimentos.

GAAP O que é gerenciamento de riscos? O que é gestão?