GAAP

Generally Accepted Accounting Principles

GAAP é a sigla para Generally Accepted Accounting Principles, que pode ser traduzido por Princípios Contábeis Geralmente Aceitos. 

É um conjunto de leis e normas que devem ser seguidas pela área da contabilidade, a fim de padronizar as operações de cada empresa. 

Cada país possui seu conjunto de regras. No Brasil, elas são conhecidas como BR GAAP, em que as duas primeiras letras identificam que se trata do Brasil, e mantém-se a sigla internacionalmente conhecida. As normas contábeis norte-americanas são as US GAAP.

Existem ainda as IFRS que são as Normas Internacionais para Contabilidade. O objetivo das IFRS é uniformizar os demonstrativos contábeis em todo o mundo, devido ao mercado global e todas as implicações que a internacionalização de uma empresa acarreta.

BR GAAP

A regras que fazem parte do BR GAAP estão determinadas, no Brasil, pela Lei 6.404 de 1976, a Lei das Sociedades por Ações, ou ainda conhecida pela Lei das SAs. Também incluem o conjunto normativo resoluções e comunicados emitidos por entidades como o Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Conselho Monetário Nacional (CMN) e o Banco Central (BACEN).

O BR GAAAP não trata de leis tributárias ou fiscais, sendo apenas uma padronização de procedimentos contábeis. Seu objetivo é uniformizar o mercado nacional, em que todas as empresas apresentem seus resultados da mesma maneira. Mas não é uma garantia de que não haverão erros ou fraudes na sua execução.

US GAAP

As US GAAP são as normas contábeis dos Estados Unidos, identificadas pelo "US" e pelos princípios contábeis geralmente aceitos naquele país.

As regras e princípios são emitidos pela FASB (Financial Accounting Standards Board), que emite as normas contábeis para cada estado dentro dos EUA.