O que é custo-benefício?

O custo-benefício é o que define as melhores escolhas que os agentes econômicos fazem. Através deste conceito é que as pessoas ou empresas compram ou realizam aquilo em que os benefícios são maiores que o custos de comprar ou produzir.

O custo-benefício realiza-se a partir das escolhas que os indivíduos fazem, porém existe uma escassez associada a essas escolhas conhecida como trade-off, isto é, escolher um item e se desfazer de outro. A própria compra de um objeto possui este trade-off, pois envolve obter um bem e desfazer de outro, o dinheiro.

Exemplos de custo-benefício

As melhores escolhas feitas são aquelas em que os benefícios são o quanto maiores perante os custos em se fazer ou comprar. Por exemplo, os lucros das empresas são maiores quanto mais conseguem vender ou prestar seus serviços e também, reduzir seus gastos.

O lucro de uma empresa, como no exemplo, é chamado de excedente econômico e este é o resultado do maior custo-benefício possível.

Nas ciências econômicas se considera que todos os indivíduos em uma economia procuram comprar, fazer ou trocar aquilo que possui o maior excedente econômico, ou simplesmente, os maiores benefícios e os menores custos. 

Este custo tanto pode ser em unidades monetárias, mas também, outros em conjunto, conhecidos como custos de oportunidade, que se perde ao realizar ou adquirir um bem. O próprio tempo é um exemplo deste custo, pois ao realizar uma atividade um indivíduo deixa de realizar outras.

Um outro exemplo pode ser considerando quando um governo decide construir um estádio de futebol e com o mesmo valor poderia se fazer uma escola ou um hospital. As outras estruturas não construídas são os custos de oportunidade desta escolha.

Relação custo-benefício

A relação custo-benefício é obtida através de um indicador que as empresas ou o governo fazem ao avaliarem uma proposta ou projeto. 

Esta relação compara os custos monetários de se fazer o projeto e os benefícios que podem ser medidos. São realizados os que apresentam maiores rentabilidades.

Ela pode ser desvantajosa se não forem realizadas em conjunto, uma abordagem sistemática e qualitativa do que se pretende fazer, conhecida como análise custo-benefício.

Com esta análise feita é possível saber melhor os benefícios de uma proposta, principalmente em obras públicas do governo e o quanto elas podem ajudar a população de um país ou região, da melhor maneira possível.

O custo-benefício na Economia

A associação das escolhas feitas pelos custos e benefícios são, há muito tempo, discutidas pelos economistas e é a base para todos os outros estudos realizados.

Analisar quais as melhores opções disponíveis é uma atividade presente na rotina de todos os indivíduos dentro de uma economia em sua produção, consumo, distribuição, e em tudo aquilo que é escolhido.

Você também pode saber mais sobre o que é Microeconomia e a Macroeconomia.