Cadeia de Valor

A cadeia de valor é a sequência interligada de processos que o produto segue dentro da empresa. É um fluxo de atividades agregadoras de valor, em que ele vai se transformando de matéria bruta em bem de consumo, de forma a corresponder às necessidades do cliente.

O conceito foi cunhado por Michael Porter, que sistematizou em atividades primárias aquelas em que são estabelecidas por relações diretas, e secundárias as que não envolvem diretamente o produto mas são vitais. O índice de desempenho da cadeia de valor é a margem, que pode ser calculada pelo valor total da cadeia menos o custo das atividades.

Atividades primárias da cadeia de valor

  • Logística Interna ou de entrada: a recepção, armazenamento e distruibuição interna dos recursos, como a matéria-prima da produção.
  • Operações: são as atividades ligadas a produção, transformação dos recursos em produto.
  • Logística externa ou de saída: envolve do recolhimento dentro do centro de produção à distribuição nos pontos de venda
  • Marketing e Vendas: ações promocionais, estratégias de venda e todas as atividades ligadas à atividade comercial de fato
  • Serviço pós-venda

Atividades secundárias da cadeia de valor

  • Apoio e suporte: infraestrututra da empresa, atividades da gestão global que envolvem relacionamento, planejamento, administração e contabilidade.
  • Gestão de recursos humanos: contratação e gestão dos funcionários da empresa.
  • Desenvolvimento tecnológico: investimento em tecnologia para melhoria do produto ou agilidade de produção.
  • Aquisição: compra de materiais ou aquisição de recursos.

Diferença entre cadeia de valor e cadeia de suprimentos

A diferença central entre a cadeia de valor e a cadeia de suprimentos está no objetivo da gestão de cada uma delas.

A primeira visa identificar os principais processos dentro do fluxo percorrido pelo produto, de forma a registrar o valor agregado. A chave da cadeia de valor está em gerar um fluxograma da estrutura interna para que se possa enxergar o sistema produtivo e assim otimizar tempo em processos que não agregam valor.

Já a gestão da cadeia de suprimentos tem por fundamento a maximização de resultados para empresa, sejam eles redução de custos, aumento na qualidade do produto, e etc.

Você também pode ter interesse em cadeia de suprimentos.