Payback

Payback é um indicador do tempo de retorno de um investimento. Diz respeito ao período que a empresa irá levar para devolver aos seus cofres o dinheiro aplicado em um novo projeto ou investimento.

É uma informação crucial no momento em se determina a opção por investir, atuando enquanto indicador de risco. Ao calcular o payback, o gestor não considera apenas os ganhos futuros, mas o tempo para obtenção dos valores e o montante que deverá ser retirado dos caixas. Configurando-se assim como um método de tomada de decisões, em que o gestor pode comparar projetos e investimentos e alocar seus recursos de maneira mais produtiva com base no payback.

Existem duas maneiras de calcular o payback, uma pela quantidade de anos ou meses que o dinheiro investido demorará para voltar como lucro, o Payback Simples. E a outra é semelhante, mas considera uma taxa de desconto dos valores considerando o período, sendo este o Payback Descontado.

Payback Simples 

O payback simples é o acompanhamento do fluxo de caixa acumulado. O valor registrado no período do fluxo de caixa, ou seja o resultado da receita menos as despesas, e quantos períodos contábeis são necessários para que o fluxo de caixa fique em zero, ou seja equilibrado. Este é o tempo do payback, quando as receitas finalmente se igualam ou superam as despesas e o investimento feito está devidamente pago.

Por exemplo, uma indústria investe 1 milhão de reais em maquinários novos. Considerando seu fluxo de caixa, entre receitas e despesas, e considerando a projeção de lucro com o aumento produtivo gerado, é dado que em três anos a empresa recupera o valor investido. Ou seja, o payback deste investimento em novas máquinas é de três anos.

Payback Descontado

O payback descontado também é calculado a partir do fluxo de caixa, do resultado entre a receita e as despesas. Mas acrescenta-se então ao cálculo uma taxa de desconto que irá fazer a correção dos valores pelo período. Este método leva em conta que o dinheiro investido em um ano não tem o valor exatamente igual em alguns anos, e portanto é possível que o investimento leve mais tempo para se pagar, considerando ajustes monetários, desvalorizações da moeda, etc.

Você também pode ter interesse em Fluxo de Caixa.