O que é a Paridade do Poder de Compra e como calcular

A paridade do poder de compra (PPC) é uma métrica que compara as moedas de diferentes países através de um índice para o poder de compra.

A abordagem desta medida considera a quantidade em moeda para adquirir um conjunto de produtos e serviços em um país, que pode ser comparada com a medida de outros.

A PPC pode ser analisada utilizando o preço de bens, como também o Produto Interno Bruto (PIB), a renda per capita ou índices de preços calculados para medir a inflação.

Algumas instituições calculam a PPC para que seja utilizada como um índice de comparação da produtividade e crescimento das economias. Um exemplo é o Banco Mundial.

Teoria da Paridade dos Poderes de Compra

Essa teoria que envolve a PPC considera que existe uma taxa de câmbio de equilíbrio para a economia de cada país. Permite analisar a tendências das economias no longo prazo.

De acordo com a teoria, duas moedas estão em equilíbrio quando um conjunto de bens e serviços tem o mesmo valor nos dois países.

O princípio que envolve esta paridade é conhecido como Lei do Preço Único, que diz que o preço de mercadorias idênticas deveria ser o mesmo considerado um comércio totalmente livre entre os países.

Havendo diferenças de preços, e deixando de considerar os custos associados, estes se convergiriam por meio da arbitragem. Se um preço em dólares de um produto é maior em um país do que em outro, a procura se deslocaria para o país de menor preço até que estes voltassem a ser iguais.

Como é calculada a paridade do poder de compra

O cálculo da paridade entre países considera a taxa de câmbio real em que é possível adquirir os mesmos produtos e serviços.

Pela Lei do Preço Único, a paridade existe se os preços forem iguais em dois países, considerando a taxa de câmbio nominal para haver a troca de moedas. Com isso temos a fórmula:

  • E = e x (P¹ ÷ P²)

São considerados a taxa de câmbio nominal "e", os preços de um país "P¹", normalmente usando como base a moeda norte-americana, sobre os preços de um segundo país "P²".

O resultado é conhecido como a taxa de câmbio real, em que o valor igual a 1 resultaria no preço único para os dois países.

Exemplo

Considere um produto que custa US$ 5,00 nos Estados Unidos e R$ 20,00 no Brasil. A taxa de câmbio que indica o equilíbrio entre os dois países seria de 4 reais para cada 1 dólar.

Ainda no exemplo, a taxa de câmbio do dia no mercado se encontra em R$ 5,86 temos que a taxa de câmbio real é de:

  • E = 5,86 x (5 / 20) = 1,465

Ou seja, o poder de compra dos cidadãos norte-americanos ao adquirir este produto é maior comparado à economia brasileira. Isso pode ser visto pelo fato de que seriam precisos menos do que 5 dólares para comprar o mesmo produto no Brasil.

Um estudo parecido é feito todos os anos pela revista The Economist em que a análise do poder de compra entre os países é comparada através dos preços do Big Mac.

Saiba mais sobre como é feito o estudo do Índice Big Mac.

Outsourcing O que é a Paridade do Poder de Compra e como calcular Passivo