Índice Big Mac

O Índice Big Mac, ou Big Mac Index, foi criado em 1986 pela revista britânica The Economist e compara os preços do Big Mac em diferentes países no mundo onde contém a cadeia de restaurantes McDonald's.

Este índice serve como um indicativo da Paridade do Poder de Compra (PPC) de cada um desses países usando como referência o Big Mac. Mesmo que feito de maneira informal, permite a comparação do poder de compra devido à presença da rede McDonald's em vários países.

Além disso, o estudo considera o fato deste produto ser homogêneo em todos os países em que é comercializado, considerando os custos para oferecê-lo e o preço de venda.

Índice Big Mac para o Brasil

Os resultados divulgados pela revista no início de 2020 apontam que o Real está subvalorizado em 15,3%. Se a taxa de câmbio estivesse em R$ 3,51 para cada dólar, o produto estaria sendo vendido ao mesmo valor nos Estados Unidos ou no Brasil.

Os resultados divulgados desde 2016 podem ser acompanhados pela tabela abaixo:

Data de divulgação Preço Big Mac no Brasil Preço Big Mac nos EUA Paridade de equilíbrio Taxa de câmbio (para cada dólar) Índice Big Mac
Jan/2021 R$ 21,90 US$ 5,66 3,87 R$ 5,50 - 29,6%
Jul/2020 R$ 20,90 US$ 5,71 3,66 R$ 5,34 - 31,5%
Jan/2020 R$ 19,90 US$ 5,67 3,51 R$ 4,14 - 15,3%
Jul/2019 R$ 17,50 US$ 5,74 3,05 R$ 3,81 - 19,9%
Jan/2019 R$ 16,90 US$ 5,58 3,03 R$ 3,72 - 18,5%
Jul/2018 R$ 16,90 US$ 5,51 3,07 R$ 3,84 - 20,1%
Jan/2018 R$ 16,50 US$ 5,28 3,13 R$ 3,23 - 3,2%
Jul/2017 R$ 16,50 US$ 5,30 3,11 R$ 3,23 - 3,7%
Jan/2017 R$ 16,50 US$ 5,06 3,26 R$ 3,22 + 1,1%
Jul/2016 R$ 15,50 US$ 5,04 3,08 R$ 3,24 - 5,1%
Jan/2016 R$ 13,50 US$ 4,93 2,74 R$ 4,02 - 32,0%

Como é calculado o Índice Big Mac

Para comparar o poder de compra entre países é utilizado como base o preço médio do Big Mac nos Estados Unidos, coletando ainda o preço médio do sanduíche em cada país.

O índice criado pela The Economist propõe analisar o quão valorizada ou desvalorizada está a moeda de cada país em relação à moeda norte-americana. A forma como é calculada este índice é o seguinte:

Fórmula de cálculo do índice Big Mac

Por exemplo, analisando em janeiro de 2021 o Big Mac nos Estados Unidos custava US$ 5,66 e no Brasil R$ 21,90. A paridade deste produto entre os dois países medida foi de 3,87.

A paridade de preços pode ser comparada com a taxa de câmbio vigente no mercado no período. Ainda no exemplo, foi visto que a taxa de câmbio estava em R$ 5,50 por cada dólar, valor acima da paridade, e que propõe haver desvalorização da moeda brasileira.

Segundo o índice a subvalorização medida era de 29,6% face ao poder de compra da moeda dos norte-americanos ao adquirir este produto.

Outra forma de perceber o poder de compra através do índice é convertendo o valor do sanduíche na mesma moeda, neste caso o dólar. Fazendo isso, vemos que o Big Mac custaria cerca de US$ 3,98 no Brasil, indicando a um poder de compra inferior ao dos americanos.

Poder de compra no Índice Big Mac

O poder de compra é o que indica a capacidade das pessoas de uma região ou país adquirirem um conjunto de produtos e serviços.

A teoria da Paridade do Poder de Compra (PPC) propõe analisar as diferenças de poder de compra de cada localidade, convertidos à mesma moeda.

A paridade existe apenas quando toma um valor igual à unidade, ou uma variação nula no caso do índice Big Mac.

Índices de paridade do poder de compra são medidos por várias entidades por todo o mundo, utilizando uma cesta de bens e serviços comparáveis. Já no caso deste índice, é utilizado um único produto: o Big Mac. A revista The Economist faz uma outra análise semelhante com um café da empresa Starbucks.

Entenda o conceito da Paridade do Poder de Compra (PPC)