Índice Big Mac

O Índice Big Mac (Big Mac Index) foi criado em 1986 pela revista britânica The Economist e utiliza da comparação dos preços do Big Mac um modelo que aborda as diferenças de poder de compra entre países.

Este índice serve como um indicativo da Paridade do Poder de Compra (PPC), usando como referência o hambúrguer da McDonald's. Mesmo que feito de maneira informal, permite a comparação do poder de compra devido à presença da cadeia de fast food em grande parte do mundo.

A análise considera ainda o fato deste produto ser praticamente igual em todos os países em que é comercializado, considerando os custos para oferecê-lo e o seu preço de venda.

Índice Big Mac para o Brasil

Os resultados divulgados pela revista em julho de 2021 apontam que o real estava subvalorizado em 22,8%. Se a taxa de câmbio estivesse em R$ 4,05 por dólar, o produto estaria sendo vendido ao mesmo valor nos Estados Unidos ou no Brasil.

Os resultados divulgados nos últimos anos podem ser acompanhados pela tabela abaixo:

Data de divulgação Preço Big Mac no Brasil Preço Big Mac nos EUA Paridade de equilíbrio Taxa de câmbio (para cada dólar) Índice Big Mac
Jul/2021 R$ 22,90 US$ 5,65 4,05 R$ 5,25 - 22,8%
Jan/2021 R$ 21,90 US$ 5,66 3,87 R$ 5,50 - 29,6%
Jul/2020 R$ 20,90 US$ 5,71 3,66 R$ 5,34 - 31,5%
Jan/2020 R$ 19,90 US$ 5,67 3,51 R$ 4,14 - 15,3%
Jul/2019 R$ 17,50 US$ 5,74 3,05 R$ 3,81 - 19,9%
Jan/2019 R$ 16,90 US$ 5,58 3,03 R$ 3,72 - 18,5%
Jul/2018 R$ 16,90 US$ 5,51 3,07 R$ 3,84 - 20,1%
Jan/2018 R$ 16,50 US$ 5,28 3,13 R$ 3,23 - 3,2%
Jul/2017 R$ 16,50 US$ 5,30 3,11 R$ 3,23 - 3,7%
Jan/2017 R$ 16,50 US$ 5,06 3,26 R$ 3,22 + 1,1%
Jul/2016 R$ 15,50 US$ 5,04 3,08 R$ 3,24 - 5,1%
Jan/2016 R$ 13,50 US$ 4,93 2,74 R$ 4,02 - 32,0%

Como é calculado o Índice Big Mac

Para comparar o poder de compra entre países é utilizado como base o preço médio do Big Mac nos Estados Unidos, coletando ainda o preço médio do sanduíche em cada país.

O índice da The Economist propõe analisar o quanto apreciada ou depreciada se encontra a moeda do país em análise em comparação à moeda norte-americana.

A forma como é calculada este índice pode ser vista na fórmula, utilizando a taxa de câmbio pelo incerto:

Fórmula de cálculo do índice Big Mac

Por exemplo, analisando em janeiro de 2021 o Big Mac nos Estados Unidos custava US$ 5,66 e no Brasil R$ 21,90. A paridade deste produto entre os dois países medida foi de 3,87.

A paridade de preços pode ser comparada com a taxa de câmbio vigente no mercado no período. Ainda no exemplo, foi visto que a taxa de câmbio estava em R$ 5,50 por dólar, valor acima da paridade e que propõe haver subvalorização da moeda brasileira.

Segundo o índice a subvalorização medida era de 29,6% face ao poder de compra da moeda dos norte-americanos ao adquirir este produto.

Outra forma de perceber o poder de compra através do índice é convertendo o valor do hambúrguer à mesma moeda, o dólar. Fazendo isso, vemos que o Big Mac custaria cerca de US$ 3,98 no Brasil, indicando o poder de compra inferior ao dos americanos.

Poder de compra no Índice Big Mac

O poder de compra é o que indica a capacidade das pessoas de uma região ou país adquirirem um conjunto de produtos e serviços.

A teoria da Paridade do Poder de Compra (PPC) propõe analisar as diferenças de poder de compra de cada localidade, convertidos à mesma moeda. Esta paridade existe apenas quando toma um valor igual à unidade, ou a um valor nulo do índice Big Mac.

Índices de PPC são medidos por várias entidades por todo o mundo, utilizando uma cesta de bens e serviços comparáveis. Com isso é possível entender padrões de vida e produtividade em cada país e realizar comparações.

No caso deste índice, é utilizado um único produto relativamente parecido: o Big Mac. A revista ainda realiza outra análise semelhante utilizando um café da empresa Starbucks.

Entenda o conceito da Paridade do Poder de Compra (PPC)