O que é estrutura organizacional?

A estrutura organizacional é a forma como uma organização está dividida e hierarquizada. Ela define como é feita a gestão das suas atividades e a comunicação entre seus setores, visando atingir seus objetivos estratégicos.

A estrutura organizacional de uma empresa inclui sua departamentalização, ou seja, a divisão por setores, mas também as relações hierárquicas entre eles. O conceito de estrutura organizacional não é, portanto, sinônimo nem de departamentalização nem de hierarquia isoladamente, mas sim uma combinação entre elas.

Essa definição corresponde a uma estrutura organizacional formal, que é aquela que é planejada pelos gestores de acordo com as necessidades da empresa. A representação gráfica da estrutura organizacional formal é feita por meio do organograma.

Além da estrutura organizacional formal, porém, as empresas também costumam ter estruturas organizacionais informais. A estrutura informal é estabelecida por meio das relações interpessoais. Ela não é oficial e não define a interação entre os setores, refletindo apenas as ligações espontâneas que se formam entre os colaboradores.

Tipos de estrutura organizacional

Não existe um único modelo de estrutura organizacional. São os gestores, ao desenhar a empresa, que vão definir de que forma ela estará organizada. O tamanho da empresa, seu ramo de atividade, sua finalidade e seus objetivos são alguns dos critérios que precisam ser levados em consideração para estabelecer a estrutura corporativa.

A importância de se definir uma boa estrutura organizacional se deve ao fato de que ela é essencial para garantir o sucesso da administração, tornando claras as funções de seus elementos e a forma como eles se relacionam. Ela também evita problemas de comunicação, garantindo eficiência e agilidade na execução das tarefas.

Confira, abaixo, os principais tipos de estruturas organizacionais e esquemas de seus organogramas.

Estrutura organizacional linear

É o formato mais antigo e simples de estrutura organizacional e, por isso, o mais comum nas empresas de pequeno porte. Ele é inspirado na estrutura dos exércitos e possui uma hierarquia clara e bem definida.

A estrutura organizacional linear se caracteriza pela autoridade única e absoluta do superior em relação a seus subordinados. As linhas de comunicação são formais, e as decisões são centralizadas.

Estrutura organizacional linear

Estrutura organizacional funcional

Nesse esquema, em vez da autoridade, o que define a hierarquia é a especialização das funções. Cada setor contribui com seu maior conhecimento para o funcionamento da organização como um todo, ganhando a palavra para decidir nos temas sobre os quais domina.

Em uma estrutura organizacional funcional, nenhum chefe de setor tem controle absoluto sobre seus subordinados. Além disso, cada colaborador pode ter de responder a várias chefias.

Estrutura organizacional funcional

Estrutura organizacional linha-staff

A estrutura linha-staff é uma combinação dos modelos linear e funcional. Ela segue o esquema da estrutura linear, mas se distingue pela existência de órgãos de consulta.

A consultoria pode fazer recomendações técnicas e especializadas aos escalões inferiores, mas não pode comandá-los. A função de comando continua restrita aos chefes de cada departamento.

Na estrutura organizacional linha-staff, portanto, a importância do conhecimento especializado é reconhecida, mas seu formato mantém a unidade de comando.

Estrutura organizacional linha-staff

Estrutura organizacional matricial

Esse tipo de organização mantém a divisão da organização como um todo, mas cria uma forma de hierarquia paralela, por projeto.

A equipe de um projeto costuma reunir elementos de diversos setores da empresa. Por exemplo, um funcionário do departamento financeiro pode ser encarregado de cuidar das finanças desse projeto específico. Esse colaborador continuará respondendo ao chefe do seu departamento. No entanto, também irá se reportar ao líder do projeto em que trabalha.

Estrutura organizacional matricial

Classificações por departamentalização

Os tipos de estruturas organizacionais listados acima correspondem às diferentes formas de se estabelecer hierarquia entre os setores de uma empresa. No entanto, é possível classificar as estruturas organizacionais também pela forma como é feita a sua departamentalização.

Embora a maneira mais comum de se dividir uma empresa seja por setor de especialização, esse não é o único modelo de construção de um organograma.

Estrutura organizacional territorial

Empresas que são geograficamente espalhadas podem optar por dividir sua hierarquia por região de atuação, em vez de por função. Ne estrutura organizacional territorial, os chefes regionais ficam logo baixo da direção central na hierarquia.

Estrutura organizacional por clientes

A estrutura organizacional por clientes busca estruturar seu organograma em torno dos tipos de público com os quais  a empresa trabalha. Assim, uma loja de roupas pode ter um departamento especializado no segmento infantil, outro na moda feminina e um terceiro no vestuário masculino, por exemplo.

Estrutura organizacional por processos

A estrutura organizacional por processos é utilizada por algumas indústrias. Nesse modelo, são definidos um chefe e uma equipe para etapa do processo de produção. Podem existir, por exemplo, um responsável pela etapa de montagem e outro pela de acabamento.

Estrutura organizacional por projetos

A estrutura organizacional por projetos estabelece um organograma por empreitada ou campanha. Ela é comum, por exemplo, nas construtoras, que montam equipes distintas e com alguma autonomia para cada obra.

Você também pode ter interesse em setores de uma empresa, gestão e plano de negócios.