Custeio ABC - Custeio baseado em atividades

O que é o Custeio ABC?

O Custeio Baseado em Atividades é um método de apuramento de custos na contabilidade, que proporciona uma análise separada pelas diferentes atividades da empresa.

Este método de custeio também é chamado de Custeio ABC, em inglês Activity Based Costing, e oferece aos utilizadores da informação contábil uma avaliação de desempenho por cada etapa que se queira analisar.

A proposta deste método está em evidenciar os custos mais elevados em cada atividade para que possa ser feita uma intervenção de melhoria nestas etapas. 

Conceito do método de custeio ABC

Esta metodologia de apuramento de custos começou a se desenvolver, principalmente, após o aparecimento dos processos industriais automatizados. Com isso, houve um aumento dos custos indiretos, como por exemplo os de energia elétrica.

Sendo assim, o rateio de custos por este método proporciona identificar, entre uma quantidade diversificada de produtos, aqueles que absorvem mais custos na produção.

A ideia central deste método é em considerar que não são os produtos e serviços que consomem os recursos, mas sim, que os recursos são consumidos pelas atividades, nas quais resultam o produto final.

O objetivo deste sistema de custeio, para os gerentes e administradores, é o de melhorar a competitividade da empresa reduzindo os preços dos produtos após uma redução de custos. 

Como é apurado o custo pelo método ABC

A principal característica deste método está na identificação dos custos indiretos, que apenas são indicados pelo conjunto agregado das atividades, mas desta vez, atribuídos separadamente para cada atividade.

Além disso, é preciso existir uma ordenação daquelas atividades que consomem a maior parte dos recursos, o que não aparece em outros métodos de custeios e que exige um maior cuidado ao fazer.

Esta ordenação é definida levando em consideração as atividades que se quer analisar os custos separadamente, sendo por produto, por linha de produção, serviços ou outra que seja necessária.

Direcionamento dos custos de recursos

O ABC considera as atividades como os principais utilizadores dos recursos, por isso, o primeiro passo está em analisar como elas consomem os recursos utilizados, a partir de um "direcionador" destes custos.

Com este direcionamento deve ser determinado o fator que se queira analisar, como por exemplo: considerando uma certa etapa de produção, o quanto de energia elétrica é consumida naquela atividade.

Direcionamento dos custos de atividades

O segundo passo é a identificação do quanto os produtos ou serviços consomem das atividades, para que se obtenha o resultado final.

Este direcionamento surge a partir da etapa anterior, considerando agora os fatores que levam ao consumo da atividade, como por exemplo: para produzir um certo produto, o quanto foi gasto com trabalhadores por setor.

As duas etapas de direcionamento de custos seguem o esquema a seguir para cada uma das atividades analisadas:

Custeio por atividades

Exemplo de utilização deste método

Cada recurso utilizado direciona-se para uma ou mais atividades, como por exemplo o uso de uma empilhadeira para guarda de materiais em estoque, mas também para embarque na saída de mercadorias em expedição.

As duas atividades citadas, ainda podem possuir outros recursos em comum, como mão-de-obra e pessoal administrativo que levam acabam por definir o produto ou serviço pronto para venda. Neste caso é possível analisar o custo de cada produto como objeto de custo.

Vantagens e desvantagens do Custeio ABC

Como vantagens deste sistema de rastreamento de custos podemos considerar:

  • Melhor qualidade nas informações dos custos de produção ou serviços;
  • Pode ser usado como um sistema de contabilidade de gestão;
  • Menor necessidade de rateios arbitrários;
  • Identifica quais produtos ou serviços consomem mais recursos e seus consequentes gastos;
  • Identifica o custo de cada atividade pelos custos totais.

Este sistema de custeio também apresenta suas limitações quando se decide implementar, das quais podemos listar:

  • É um método custeio complexo e que leva tempo para sua apuração total;
  • É preciso formular os próprios padrões de análise, o que necessita muita dedicação por parte da equipe;
  • As informações buscadas podem não estar totalmente fidedignas;
  • Possui necessidade de revisão constante.

Você pode saber mais sobre o que são os custos diretos e indiretos.

Curva de Laffer Custeio ABC - Custeio baseado em atividadesO que é custeio por absorção?