O que é e como funciona um consórcio?

Um consórcio é uma forma de poupança que serve para adquirir determinado bem no futuro. Essa poupança é feita em um grupo de pessoas com o mesmo interesse e que se autofinanciam.

O dinheiro que é aplicado em conjunto, forma um fundo que se divide em cotas. Cada pessoa que deseja participar do consórcio deve adquirir uma cota, poupando para parte do capital aplicado.

Durante o período de participação são realizados sorteios em que os participantes do consórcio podem então adquirir o bem ou serviço desejado.

Os consórcios são regulamentados pela lei nº 11.795 de 2008, sendo que todas as administradoras de consórcios devem ser autorizadas pelo Banco Central, que é a instituição que as supervisiona.

Como funciona um consórcio?

O consórcio é um meio que reúne consorciados, que são pessoas físicas ou jurídicas que poupam em conjunto. Todas contribuem para um objetivo comum que é a compra de um produto ou a contratação de serviço.

Os consórcios mais comuns que podem ser encontrados no Brasil destinam-se à aquisição de carros, motos ou imóveis. Mas estes não são os únicos, existem ainda consórcios para outros veículos, como barcos e aeronaves, reforma ou produtos para a casa ou até mesmo para organizar uma festa.

Quem participa de um consórcio deve cumprir o pagamento mensal que é acordado em contrato. Durante este período são sorteados pela administradora os consorciados que terão direito à carta de crédito para a compra do bem ou serviço naquele mês.

Além do sorteio, a administradora do consórcio contempla outros participantes que fazem lances, que são ofertas de antecipação de parcelas. Com mais de uma oferta pelos participantes, são contempladas aquelas que ofertam a maior porcentagem.

Os consórcios podem funcionar com três diferentes tipos de lances:

  • Lance livre: modalidade em que é possível ofertar qualquer lance proporcional às parcelas até o final do consórcio.
  • Lance fixo: quando a administradora do consócio define um percentual mínimo para a oferta.
  • Lance embutido: corresponde a uma porcentagem do valor da carta de crédito. Neste caso dar um lance corresponde a abrir mão de parte do crédito que se teria no final.

Os tipos de lances permitidos são definidos no contrato do consórcio e devem ser analisados antes de começar a aplicar o dinheiro. Em consórcios de imóveis podem ser permitidos lances com o saldo do FGTS, a depender do contrato.

Como participar de um consórcio

Para entrar em um consórcio é preciso encontrar uma administradora de consórcios que ofereça cotas para a modalidade que desejar. Existem diferentes instituições e todas devem estar autorizadas pelo Banco Central do Brasil.

Cada empresa pode oferecer planos variados e exigir taxas de administração diferentes. Este valor é cobrado para administrar os fundos e acarreta um custo para quem participa.

Por estas empresas é possível encontrar planos em que as parcelas estejam de acordo com o seu orçamento. Além disso, você deve estar atento ao contrato antes de o assinar e honrar o pagamento das parcelas.

A participação em consórcio depende da existência de cotas livres no grupo. Elas podem existir por ser um grupo ainda em formação ou caso existam desistências de um grupo já formado.

Vantagens e Desvantagens do consórcio

As vantagens em um consórcio podem existir para quem deseja uma forma de poupança programada com o objetivo de adquirir o bem ou serviço que deseja.

Por esta modalidade não existe o pagamento de juros, podendo ser mais vantajosa do que fazer um financiamento.

Como desvantagens existem as taxas de administração que, se muito altas, pode ser um custo muito alto para o capital investido. Isso porque as taxas se aplicam a cada parcela, que por sua vez aumentam devido aos ajustes pela inflação que o consórcio prevê.

Além disso, em troca do consórcio existe sempre a possibilidade de juntar o dinheiro e aplicá-lo em um investimento de renda fixa. Neste caso, as vantagens são maiores para a aplicação financeira.

Se prefere juntar um dinheiro por si próprio, conheça 10 dicas de como economizar dinheiro e realizar sonhos.

Saiba também o que é um investimento em renda fixa e veja as melhores aplicações financeiras para o seu perfil.