Passivo Circulante

Passivo Circulante corresponde às contas que sejam realizáveis dentro do exercício social da empresa, prazo este de 12 meses da demonstração do balanço patrimonial. Também é conhecido como exigível a curto prazo.

As obrigações do passivo circulante deverão ser liquidadas com o uso do ativo circulante, que é o grupo de ativos resultante da operação empresarial, como contas a receber dos clientes.

Inclui-se no passivo circulante empréstimos para aquisição de direitos do ativo não-circulante, desde que os valores a serem pagos vençam no exercício seguinte.

Exemplos de Passivo Circulante

São incluídas enquanto subcontas do passivo circulante da empresa:

  • Salários, férias, provisões e demais direitos e participações relativas aos funcionários
  • Impostos
  • Fornecedores
  • Aluguel
  • Bancos e instituições financeiras
  • Créditos de sócios e acionistas

Passivo Circulante e Não Circulante

O passivo é uma obrigação exigível. Por exigível entende-se transações passadas e reclamadas em data futura à empresa, como compras à prazo. Compõe o balanço patrimonial da empresa, e feita a diferença em relação aos ativos corresponde ao patrimônio líquido da companhia.

O passivo circulante é aquele exigível a um curto prazo. Em contabilidade, diz-se daquelas contas a serem liquidadas no exercício social seguinte, até um ano depois do balanço.

No caso do passivo a ser liquidado depois do exercício social seguinte, ou no caso do ciclo de operações ser maior do que um ano, este faz parte do passivo não circulante, e chama-se passivo exigível a longo prazo.

Passivo Circulante Operacional e Passivo Circulante Financeiro

Os dois termos não estão previstos na legislação, mas são utilizados na gestão contábil para calcular a necessidade de capital de giro.

O passivo circulante operacional é aquele diretamente relacionado com a operação da empresa: pagamento de funcionários, fornecedores, impostos e etc.

O passivo circulante financeiro são os valores monetários como duplicatas e empréstimos a curto prazo.

Recomenda-se que cada tipo de passivo circulante seja pago com seu correspondente ativo circulante. Por exemplo, que empréstimos sejam pagos com resultados de aplicações financeiras e não com receitas a receber de clientes, estas que devem ser destinadas às contas operacionais como o pagamento de funcionários.

A necessidade de capital de giro é calculada pela diferença entre o ativo circulante operacional e o passivo circulante operacional.

Você também pode se interessar por Patrimônio Líquido e Ativo Circulante.

Passivo Passivo Circulante O que é patrimônio?