O que é Pro Rata

Significado de Pro Rata

Pro Rata é uma expressão latina que tem um sentido de divisão, podendo ser traduzida livremente como algo que é "medido proporcionalmente".

Este termo é utilizado em várias áreas da economia e das finanças, quando uma parte inteira é calculada em iguais frações, como os dividendos, em taxas de juros, seguros, entre outros.

Também pode ser usado em outras áreas como direito ou contabilidade, quando algum valor deve ser proporcionado. É o caso de pagamentos de salários proporcional ao mês trabalhado, por exemplo.

Pro Rata Temporis e Pro Rata Die

A expressão Pro Rata Temporis possui o significado de algo "proporcional ao tempo", ou seja, quando uma medição deve ser feita levando em consideração algum período.

Este é o caso em que se deve mensurar o prêmio de um seguro, em um período menor do que o contratual, por exemplo, ou ainda, para o pagamento de um salário, que é mensal, proporcional aos dias trabalhados.

Já a expressão Pro Rata Die tem o sentido de "proporcional ao dia", como o caso de cobrança de juros expressa em valores diários, do tipo 0,5% ao dia, por exemplo. 

Cálculo de juros pro rata

O calculo de juros proporcionais servem para definir o pagamento de juros ao contratar um serviço, ou o recebimento de juros em um investimento.

De maneira simples, essa medição pode ser feita com o valor por inteiro, dividido pela proporção que seja preciso. Se um investimento paga juros anuais, os juros pro rata podem ser calculados mensalmente ou semanalmente, por exemplo.

Exemplo de cálculo

Se em um serviço os juros por atraso no pagamento são de 4,5% ao mês, é possível calcular os juros pro data die fazendo: 4,5% / 30 dias = 0,15% ao dia.

Caso algum cliente atrase seu pagamento por 10 dias, deverá pagar, em multa por atraso, o proporcional de 1,5% da dívida em causa.

Pro Rata em dividendos

Quando uma empresa obtém lucro, estes valores devem ser divididos entre os sócios e acionistas. Esse é um tipo de divisão, pro rata, conhecido como dividendo.

A distribuição dos lucros é feita conforme a proporção que o investidor adquiriu como sua parte no negócio.

Exemplo

Como exemplo, se o lucro em um período for de R$ 100.000,00, e a empresa tiver em seu domínio um acionista A com 50%, um acionista B com 30% e um acionista C com 20%:

Acionista A recebe 50% de 100.000,00 = R$ 50.000,00;

Acionista B recebe 30% de 100.000,00 = R$ 30.000,00;

Acionista C recebe 20% de 100.000,00 = R$ 20.000,00.