Como fazer um orçamento pessoal e familiar

Um orçamento funciona como uma previsão, em uma espécie de planejamento financeiro, do quanto se poderá gastar para que um projeto possa ser realizado.

Para realizar um orçamento é preciso levar em consideração a quantia disponível hoje, ou que poderá estar acessível dentro de algum tempo, para o que se poderá utilizar.

Existem diferentes tipos de orçamentos, como o orçamento público, empresarial, familiar e pessoal, e o que eles têm em comum: mensurar e acompanhar uma estimativa daquilo que se poderá gastar.

O conceito de um bom orçamento não está em apenas despender daquilo que arrecadamos, mas sim, em utilizar nossos recursos com melhor proveito possível.

Abaixo listamos algumas dicas de como fazer um orçamento e o que considerar para seu planejamento financeiro.

Como fazer o seu orçamento passo a passo

1. Utilize uma planilha e crie seu modelo de orçamento

Utilize uma planilha Excel de fácil acesso e monte seu orçamento com um visual de fácil interpretação. Para isso disponha as informações, separadamente, em colunas entre aquilo que vai receber com o nome de Receitas, e os gastos do mês com o nome Despesas.

2. Comece por colocar suas receitas

As receitas são as entradas de dinheiro que recebemos, como o salário, vale alimentação ou refeição, juros de algum dinheiro investido, etc.

Ao final, deixe um espaço reservado para uma soma do total das receitas que possuir. Pelo Excel existe a função “soma” que permite realizar este processo com facilidade.

3. Identifique seus gastos e despesas

Separe os gastos do mês por cada natureza fazendo uma identificação por títulos conforme os gastos que você tenha, como por exemplo: Moradia, Alimentação, Transporte, Lazer.

Neste passo é importante identificar se existem gastos que são fixos. É o caso, por exemplo, de pagamento de aluguel ou de financiamento.

4. Faça as contas e analise seu orçamento

Em sua planilha some todos os gastos, deixando os resultados bem apresentados para que possa interpretá-los.

Para facilitar sua análise crie uma coluna ao lado que indique a porcentagem de cada despesa em seu orçamento, fazendo uma divisão do gasto selecionado pela receita total do mês.

Exemplo de um orçamento pessoal

ReceitasValor (R$)Gastos e DespesasValor (R$)Proporção
Salário4.500,00   Aluguel800,0017%
Vale alimentação      200,00Luz, água e gás180,004%
Financiamentos580,0012%
Alimentação400,009%
Lazer1.000,0021%
Combustível250,005%
Plano de saúde200,004%
Outros gastos380,008%
Total em receitas4.700.00Total em gastos e despesas   3.790,00   81%

Pela última coluna é que percebemos para onde vai o dinheiro recebido. Além disso, é possível perceber que 81% das receitas tonam-se despesas, uma oportunidade em poupar os 19% restantes.

Lembrando que este modelo de orçamento pessoal também serve para fazer o seu orçamento familiar.

5. Altere os valores da tabela conforme o seu planejamento

Fazer uma tabela orçamental consiste em se preparar para ter uma boa saúde financeira, pois serve como um "mapa" que você deve seguir durante o mês.

Vimos no exemplo anterior que uma grande parte estava destinada ao lazer, mas é possível orçar uma quantia menor, possibilitando uma poupança maior deste rendimento.

Entenda a diferença entre orçamento e planejamento financeiro

Existem diferenças entre fazer um orçamento e um planejamento financeiro, principalmente em relação ao prazo em que consideramos e aquilo que queremos alcançar. 

Em um orçamento visionamos o quanto temos disponível em curto prazo e nossos gastos que temos fixados durante o mês. Já o planejamento financeiro fazemos para um prazo maior, onde conseguimos reduzir alguns gastos.

Além disso, é através do planejamento financeiro que idealizamos nossos objetivos, como por exemplo em fazer uma viagem ao fim do ano, ou realizar uma aplicação financeira.

Veja aqui sobre o que é um planejamento financeiro e dicas de planejamento pessoal e familiar.