Cheque Administrativo

O cheque administrativo é um tipo de cheque emitido com seus valores preenchidos e com seus fundos já aprovados pela instituição bancária. 

Este tipo de cheque tem como característica passar mais segurança a quem o recebe, por conta de terem seus fundos garantidos pelo banco.

Além disso, essa modalidade de cheque é muito útil para transações de grandes quantias, para que não seja preciso transportar tanto dinheiro.

Como funciona o cheque administrativo

O cheque administrativo é entregue ao emitente com os valores da transação já preenchido pelo próprio banco, diferente dos cheques pré-datados, por exemplo.

Para que possa adquirir, o emitente do cheque terá sua conta debitada ao valor do cheque, ou caso não seja cliente do banco, deve pagar o valor e as taxas bancárias no momento de adquirir este documento.

Pela sua maneira de transacionar, o cheque administrativo é mais seguro para quem precisa receber, já que outros tipos de cheques ficaram com "má fama" após várias transações sem fundos.

Características do cheque administrativo

  • O cheque é preenchido com seus valores pelo próprio banco;
  • O valor deve ser entregue de antemão por quem o emite, no momento de o adquirir com o banco;
  • É um modo seguro de transação por cheques, muito utilizada na compra de produtos de alto valor, como imóveis, por exemplo;
  • Este cheque pode ser endossado caso o beneficiário assine no verso e escreva por extenso o nome do novo beneficiário, e também não seja do tipo "não à ordem";
  • O cheque administrativo não pode ser sustado (cancelado) após ser repassado ao beneficiário;
  • É um tipo de cheque cada vez menos utilizado, devido à facilidade das transferências bancárias.

Como pedir um cheque administrativo

Qualquer cliente pode pedir um cheque administrativo em sua instituição bancária, em um balcão diretamente com o gerente. Alguns bancos oferecem este serviço para quem não é cliente, mas a taxa pode ser ainda mais elevada.

Para sua emissão será preciso indicar o nome do destinatário do cheque, bem como uma conta corrente onde ele possa depositar ou sacar essa quantia.