Turnover Financeiro

O turnover financeiro é um indicador do grau de liquidez dos ativos de uma companhia. Ele mostra com que velocidade a empresa transforma seus papéis no mercado em receita.

O índice é representado por uma taxa percentual e formado pela razão entre as vendas e o free float, ou seja, o total de ações livremente negociadas.

Dentro de uma carteira de investimentos, o conceito de turnover também pode ser usado para indicar a renovação da carteira. Contabiliza o volume de papéis comprados pelo investidor dividido pela média do patrimônio líquido deste no período.

O cálculo do turnover financeiro é feito anualmente, e no caso de empresas com maior liquidez, mês a mês. Não existem taxas ideais de turnover financeiro, sendo que as comparações devem ser feitas internamente ou no mesmo segmento, no caso destes dados estarem livres no mercado.

Altas taxas de turnover financeiro mostram que a companhia está vendendo mais em menos tempo, o que normalmente é interessante do ponto de vista do capital. Especialistas indicam cautela no caso de um alto giro inesperado, pois pode ser ação da especulação, como manobra para aumentar os valores da corretagem.

Como calcular o turnover financeiro?

O turnover financeiro de uma companhia é calculado pela razão entre o total de vendas ou da receita em um determinado período fiscal pelo total dos ativos negociados. No caso de ações, por exemplo, estes ativos são determinados pela média do montante registrado ao fim do período em comparação ao início.

Fórmula do Turnover Financeiro

Se o turnover a ser calculado refere-se ao giro da carteira de investimento, ou seja, do lado do comprados dos papéis, faz-se a razão entre o que foi comprado naquele período e a média do patrimônio líquido do investidor no mesmo.

Fórmula do Giro da Carteira de Investimento

Por vezes, a taxa de turnover de um investidor chega a 100%, renovando toda a sua carteira de investimentos, dependendo da situação do mercado e/ou das empresas. Por exemplo: um investidor possui uma carteira com 10 papéis e em um mesmo mês as 10 empresas nas quais ele tem participação estão com suas ações em baixa na bolsa de valores. É recomendado pela corretora a venda imediata de todas elas, ao que o mesmo investidor em seguida vai optar por adquirir papéis de 10 outras empresas em ascensão. Seu giro, ou seja o turnover de sua carteira de investimento, é de 100%.

Você também pode ter interesse em especulação financeiraturnover em Recursos Humanos (Rotatividade de Pessoal)