Saiba o que é globalização: origens, pontos positivos e negativos

Leonardo Pereira
Leonardo Pereira
Economista

O que é globalização?

A globalização é um processo que acontece com a integração dos mercados e da economia mundial, intensificando a interação entre as economias dos países.

No âmbito econômico, a globalização já acontece há muitos anos por meio do comércio. Além disso, seus efeitos vão além da economia. A integração que ela gera envolve também campos sociais, culturais e, cada vez mais, os tecnológicos.

Esse processo é característico do sistema capitalista e estruturado por países com considerável abertura econômica e integração de seus mercados financeiros, inclusive.

Como se iniciou o processo de globalização?

A globalização é um fator econômico-social que tanto se elevou como se reduziu drasticamente em alguns períodos, principalmente durante as Grandes Guerras.

Em suas fases iniciais, a globalização era confrontada pelos defensores do mercantilismo do século XVIII. Na concepção dos mercantilistas o controle estatal e o protecionismo deveriam dominar a política econômica dos países.

A partir disto, o desenvolvimento do comércio entre países se deu conforme alguns produziam melhor certos produtos. Enquanto outros não conseguiam se especializar, por falta de técnicas, tecnologias ou por razões geográficas.

Ainda no mesmo século, foi designado o termo "vantagem comparativa", com ênfase no comércio internacional. Ela acontece quando um país produz bens com mais eficiência que outros. Se isto ocorre, torna-se referência de venda a outros países, enquanto os outros fazem o mesmo com aqueles bens que são mais especializados.

Os efeitos da globalização começaram a avançar desde o século XIX. Com o desenvolvimento de tecnologias de produção e transportes, além da maior integração da Política e dos preços, estes efeitos puderam se espalhar a vários países.

Atualmente, os mercados estão cada vez mais em sintonia. Basta ver, por exemplo, que os custos com transportes continuam a cair e muitos governos estão colocando em prática a abertura econômica.

Vantagens e desvantagens da globalização

Para as diferentes economias do mundo, a globalização tem como característica positiva a integração das tecnologias e dos produtos oferecidos.

Esse processo pode ser percebido atualmente com a presença dos smartphones em todo o mundo. Além dos produtos oferecidos, a globalização é apontada como um fator de enriquecimento para economias emergentes.

Apesar disso, com a integração da economia mundial, muitos países acabam também por compartilhar as crises econômicas.

O caso mais recente foi a crise financeira entre os anos 2007 e 2008. Apesar de ter iniciado no mercado imobiliário dos Estados Unidos, atingiu diversos mercados e países, tendo sido os seus efeitos sentidos por vários anos.

Aspectos positivos

  • Acesso a produtos que não são produzidos nacionalmente;
  • Mercados mais competitivos e inflação bem controlada;
  • Maior fluxo de capitais e investimentos entre os países;
  • Maior desenvolvimento tecnológico;
  • No aspecto social, a globalização permitiu o encontro entre diferentes culturas e o desenvolvimento de setores, como o do turismo.

Aspectos negativos

  • Maior propagação de crises financeiras e econômicas;
  • Alguns setores da economia podem não se adequar à competição, elevando o desemprego no país;
  • Em países em desenvolvimento, pode ser difícil o investimento em novas indústrias que já existam em países desenvolvidos com custos reduzidos e com melhor tecnologia;
  • Em países de pequena dimensão, a entrada de multinacionais pode afetar produtores menores, criando monopólios na economia;
  • Exploração de matéria-prima e mão de obra barata de empresas de países desenvolvidos nos mais pobres.

Causas e efeitos da globalização

As privatizações têm sido um dos principais fatores que demonstram que as políticas adotadas pelos países direcionam-se à globalização. Também é possível considerar a diminuição das regulamentações e de burocracias, que afastam investidores estrangeiros.

A liberdade de comércio também é uma prática comum adotada entre diferentes países. Entre os exemplos estão os mercados únicos: NAFTA e a União Europeia. Ainda no caso europeu, a integração pôde ser ainda maior a partir da adoção do Euro como moeda comum em diversos países do bloco.

No mundo atual, a globalização e seus efeitos têm se mostrado uma tendência crescente. Liderada pelas políticas mais adotadas, ela também conta com a diminuição dos custos de transportes, que viabiliza os investimentos entre fronteiras.

Outros efeitos comuns podem ser sentidos no mundo globalizado. Isto através do número crescente de empresas multinacionais ou, ainda, na padronização mundial de medidas, assim como na qualidade de produtos e serviços.

Leonardo Pereira
Leonardo Pereira
Licenciado em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto (2021), em Portugal
Global Sourcing Saiba o que é globalização: origens, pontos positivos e negativos Características da Globalização