BRIC

O que significa BRIC?

BRIC é um mecanismo de cooperação político-econômica entre Brasil, Rússia, Índia e China. É um acrônimo dos nomes dos países participantes e foi assim chamado pela primeira vez em 2001, pela consultoria financeira Goldman Sachs. O termo BRIC designava o grupo de países emergentes com maior potencial de crescimento à época. Em 2010 foi atualizado para BRICS, depois da entrada da África do Sul (South Africa, em Inglês).

Você também pode ter interesse no artigo sobre os BRICS.

A projeção era de que no ano de 2050 estes países superariam as atuais nações mais ricas do mundo, sendo Índia e China os maiores fornecedores de mão de obra do mundo, e Rússia e Brasil os maiores exportadores de matéria-prima. O intuito do relatório que criou o BRIC era chamar a atenção dos investidores para tais países em desenvolvimento enquanto mercados promissores. E no entanto acabou por sugerir a organização do mecanismo com o objetivo de criar condições para uma nova ordem econômica mundial, reduzindo a dependência dos Estados Unidos e a influência do dólar nos mercados.

Embora realizem encontros desde 2006, os países do BRIC não formam um bloco econômico ou grupo político. Os encontros surgiram como uma oportunidade de crescimento conjunto destes países, com base em uma mesma agenda de interesses. A primeira cúpula do BRIC deu-se em 2009, na cidade russa de Yekaterinburg. Nele estavam presentes Luiz Inácio Lula da Silva, Presidente do Brasil, Dmitri A. Medvedev, da Rússia, Hu Jintao, da China, e o Primeiro Ministro da Índia, Manmohan Singh.