Capital social de um MEI

O Capital Social nada mais é do que o investimento inicial feito em qualquer empreendimento, e no caso do Microempreendedor Individual (MEI) não é diferente.

Este é um valor que pode, por exemplo, ter sido utilizado para a compra de um computador, maquinário, ou reservado em caixa para uso do empreendedor.

Quanto declarar no Capital Social?

O valor de Capital Social pode ser preenchido considerando todo o investimento planejado para iniciar as atividades, ou simplesmente o capital inicial do negócio.

Esta quantia pode ser contabilizada livremente pelo MEI, sem um mínimo ou máximo estabelecido.

Exemplo

O valor em Capital Social pode ser considerado, como exemplo, a soma dos valores de componentes do negócio:

  • Computador: R$ 2.500,00
  • Mesa para computador: R$ 200,00
  • Automóvel para transporte: R$ 15.000,00
  • Ferramentas: R$ 8.000,00
  • Total: R$ 25.700,00

Neste caso, basta declarar que o valor de Capital Social do negócio é de R$ 25.700,00.

Qual a diferença entre Capital Social e faturamento?

Algumas pessoas confundem o Capital Social com o faturamento, que também pode ser chamado de receita do negócio.

Enquanto o Capital Social é o valor inicialmente investido, o faturamento será o valor arrecadado com a realização da atividade do MEI, através de vendas ou serviços prestados.

Além disso, por se tratar de um investimento o Capital Social é também um gasto para que a atividade se realize, e posteriormente se obtenha uma receita.

É preciso lembrar que o faturamento de um MEI não pode ultrapassar o valor de R$ 81.000,00 ao ano, para que não perca este enquadramento.